.

.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Bela Adormecida


 .
proNico
Estou bem dentro de mim, porém acho que é feriado ou dia santo nestas paragens.

As portas estão fechadas.
O vento faz um barulho engraçado correndo entre as frestas e os corredores da minha alma.
É tudo muito calmo, solitário e melancólico.

Janelas e portas entreabertas, como que esquecidas de sua função, balançam preguiçosas, deixando entrever indecifráveis interiores.


Vou me sentar naquela mureta, ver as folhas rolando soltas pelo chão e, esperar.
Quem sabe aparece alguém, quem sabe, daquela esquina ensolarada, eu veja surgir a pessoa conhecida, esquecida, que aquece o coração quando é lembrada.

Quem sabe eu veja surgir aquela que sonhava grande, aquela que se sabia bonita e forte.

Quem sabe ela surja risonha, trazendo nos olhos a esperança cristalina das meninas.

Ela me abraçará delicadamente,
e nos seus braços eu descansarei os medos, as angústias, todos os temores silenciosos.

Quem sabe, esses temores revelados, encham a paisagem de barulhos, decretando o fim desse feriado prolongado.

E os vales receberiam, sem cerimônia, tanto rumor. As árvores ririam das palavras, lamentos e soluços.

O céu, desceria um pouquinho, o suficiente para abraçar os suspiros, as cantigas tristes e os gemidos de uma vida.

E nesse abraço de terra, menina e céu, as portas dessa cidade se abririam novamente.

Tudo se encantaria,
tudo ganharia vida, mais querida.
E no beijo da menina,
eu, adormecida, renasceria.

No espelho das águas cálidas da fonte, eu veria meu rosto novamente, e sorriria pra menina
que agora repousaria descansada,
no claro lago do meu olhar.

Vem bela,
eu adormecida,
canta vento,
pra minha menina querida.

fotos, detalhes da catedral de Chartres

33 comentários:

Sylvio de Alencar. disse...

Bonito, cálido, suavemente colorido.
Sempre gostosa de ler...: vc, e sua poesia.

Daniel disse...

Às vezes acordados estamos dormindo. Ou talvez, seja apenas um sentimento adormecido, carente por algo que nos complemente mas que tanto demora a chegar.

Por falar em A Bela Adormecida, eu vi o desenho recentemente, mesmo adulto os desenhos da Disney ainda me contagiam.

Beijo

LUZ disse...

...quem abe... quem sabe...! E como algume me disse um dia, usemos a imaginção, essa sim, nao tem limites ;) Gostei muito de ler

Beijo ;***

Zininha disse...

Tem horas que melhor mesmo é ficar adormecida... só recebdo as boas energias...

Lá negra...saudades, fiz uma homenagem para ela também...

Adorei sua visita... estou te seguindo...

boa noite...vou deixar o endereço da homenagem...quem sabe gostes ir até lá...

http://traduzindo.nafoto.net

um abraço amiga...

cristinasiqueira disse...

Oi Bela Adormecida,


Espelho...Encanto...
E olha que lindo!
"Janelas e portas entreabertas, como que esquecidas de sua função, balançam preguiçosas, deixando entrever indecifráveis interiores."
Raros momentos com os pés balançando no vento.
O tributo a Mercedes Sosa e o blog da Luma,vou lá.

Com carinho,

Cris

escrevi São Paulo,espero por vc.

sam rock disse...

Sí, es verdad que en esas palabras de bella durmiente renacen tu alma sensible de narradora de un mundo ansiado, donde no falta el amor.

Un abrazo

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Silvícula, gosto que vc me leia. Também no blog! há!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Daniel, eu adoro os desenhos, e agora adoro mais ainda o filme encantada. Vc já viu? Vai lá que é show!
http://walkyria-suleiman.blogspot.com/2008/11/encantada.html

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Luz
não tem limites mesmo. Vamos usar a imaginação pra realizar aqui na terra.

Elaine Barnes disse...

Que lindo! Temos muitas partes nossas adormecidas, algumas minhas quando despertaram fiquei surpresa. Muito encantadora sua poesia. Serena e doce. bjão

Sylvio de Alencar. disse...

Sempre escolhi leituras que me tocassem (os grandes filósofos sempre me cansaram um pouco, o que não é seu caso, claro!).

Já tá vendo?
Vc sabe né: apareio que vc vê vurto, e proseia, é tv.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Cristina,
vc captou o momento...entra aqui, minha amiga, vamos curtir a música dos anjos....como no teu blog!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Fui te agradecer por suas palavras, muito emocionada e me deparo com um soneto da Florbela, que diz tanto ao meu coração. Saiba Sam, que o que vc comentou , acariciou meu coração, me senti ouvida, acolhida. Foi muito mágico. Obrigada....
vou taduzir:
-Sim, é verdade, que essas palavras de BelaAdormecida fizeram renascer a tua alma sensivel, de narradora de uma mundo tão querido, onde, o que nunca falta, é o amor.

saludos desde brasil

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Elaine, minha neguinha.
Eu adoro ver como as pessoas traduzem minhas palavras.
Às vezes me admiro, outras, sorrio. Mas Elaine, quando alguém entende exatamente o que eu quis dizer... bem... rola uma lágrima de emoção. bjão

Walkyria Rennó Suleiman, disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Silvícola
"Vc sabe né: apareio que vc vê vurto, e proseia, é tv."

What does it means?
Ou, que porra é essa?

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Luma, ah, queria todo dia falar algo do teu blog. É tudo tão fresco, tão limpo, cheiroso, parece lencinho bordado pela avó.... dia de luz, manhã de sol...

Luma Rosa disse...

Eu, onde? (rs*)

'Mas se você quiser tudo pode acontecer no caminho
Mas se você quiser sou pedra, flor, espinho'

Pedra, Flor E Espinho (Roberto Frejat / Fernando Magalhães / Dulce Quental) - Sucesso enorme na voz de Cazuza!!

Viu bela? você pode ser pedra, flor e espinho, mesmo adormecida!!

Beijus

Gerana Damulakis disse...

Muito bacana, ora doce, ora mostrando a força (impossível que não haja força em tudo q vc produz). Porque tudo se encanta (como o texto).

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

gostei da mistura inteligente entre prosa e poesia

betina moraes disse...

wal...

a maior prova de que a bela menina que você foi não está adormecida é você ainda procurar por ela e ela vir ao encontro, dentro do teu segredo, do teu esconderijo, na árvore da vida...


uma emocionante parceria de você com você.


depois de toda a confusão do google, ler e comentar no teu blog é muito bom!

seu confessionário me encantou, tamanha a delicadeza das imagens.


um beijo, querida-irmã.

A.S. disse...

Walkyria...

Tenho a certeza que o vento cantou a mais bela melodia!!!

BeijOOO
AL

CAROLINA CAETANO disse...

"E os vales receberiam, sem cerimônia, tanto rumor."

Nossa, Walkyria! Eu tô besta de boba! Flutuei durante a leitura, estou encantadíssima com todas as linhas, absolutamente todas!
Lindo demais, gostoso de ler, delicado, forte, atraente.
Tudo passou tão rápido e tão percebido enquanto lia.
Um abração, menina!
Carolina.

http://hyesung000.blogspot.com/ disse...

Spread of modern civilization, if there is a cause of health and wealth you have you are willing to try it?
Welcome to Learn:
http://sn.im/vemma_usa
Thank you for your time reading, do not give up the chance to even know, know no loss to you!

lucidreira disse...

Realmente muito bom de ler, suave e forte, deixanos leve após a leitura.
Abraço

Sylvio de Alencar. disse...

Li pouquísimas páginas, suas; embora quase todas do blog...
hum!


Sei lá porque escrevi aquilo tudo no segundo comentário...
Nem eu entendi direito...!

Quanto ao: "apareio que vc vê vurto, e proseia, é tv"...: é uma maneira mineira de falar da tv:
um aparelho que que a gente vê vultos, e que proseia... (também não me pergunte porque escrevi isso).

Aliás, de repente, nem fui eu que escrevi!
:P

Desculpas pela viagem.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Luma
que delícia , sempre entusiamada, um raio que passa depressa. Podemos ser tudo, em tese, podemos sim.
Mas tem um busca estranha pra acontecer.

Os contos de fada mostram isso muito bem. Sempre pode acontecer da princesa não chegar lá.

Essa é a diferença do arqu[etipo para a vida real.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sylvio
tô achando que vc foi abduzido pelo ET de Valinhos heim!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Lu
que bom que vc captou isso, eu não gosto de leituras ou filmes ou qqr coisa que não apresente um escape, uma porta de saída. A gente preecisa dos sinais, né?

Sempre um prazer os teus comments.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carolina
quenao releio tbm me passa essa sensação de transporte pra esse lugar. esse lugar que todos tremos no coração.

Obrigada por vir me ver, eu preciso e sinto saudades....

sei que não sou a melhor amiga de blog, ausente, enlouquecida, escondida, por vezes.... mas sou assim....me aceita?

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

BB
árvore BO.... que loindalouca vc é. verdade, é um olhar pra denteo, e ainda saber-se lá. Que bom que vc voltou, não voltada totalmente, nem eu.

Avida, sempre se revelando.... acontecendo, é um seriado de TV. Quem será que nos assite, Betininha?

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gerana
vc acha que tem força?
hum... fico feliz. Vc sabe que escrevo pra quem sente coisas assim, rebolentas dentro da alma. Como vc!

Gerana, obrigada....

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Edney
que bom que vc veio aqui...e fiquei meio em dúvida se era poesia ou prosa. Misturei tudo.
Obrigada por seu comment


voltar pro céu