.

.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Poema d´água

.

















ARCANJOS

Desde que nascemos
Carregamos o peso da gravidade nos ombros
Estamos amarrados à Terra.
Mas basta mergulhar na água
Para nos sentirmos livres.

Dentro da água, flutuando,
Podemos voar em qualquer direção.
Para cima, para baixo, para os lados.

Debaixo da água nos tornamos Arcanjos.


Jacques Cousteau
foto Chris Mayer
.

5 comentários:

betina moraes disse...

"Debaixo da água nos tornamos Arcanjos."


PQP!!!!


que lindo!!!!!!!!!!!

Ira Buscacio disse...

Wal, querida,
Que vc aproveite mt essas férias> Faça o de sempre e mt mais...

Belas palavras. Voltamos a origem, ao útero, onde somos apenas anjos.

Bjãoooooooo

CAROLINA CAETANO disse...

Volta!

Carol Morais disse...

É isso que sinto debaixo d'água: eu sinto como se eu voasse.
E acho uma sensação tão boa. Ficamos 50% mais leves e isso inclui o peso dento da minha cabeça também...Debaixo d'água eu não escuto o barulho da cidade, eu não escuto nenhum grito nem sinto dor.
Eu me sinto bem comigo mesma!

Jéssyca Carvalho disse...

Pois que sejamos arcanjos!
A água nos oferece o que esperávamos do ar.
Um tanto quanto irônico, embora seja belo...

Lindo, querida!


voltar pro céu