.

.

terça-feira, 2 de março de 2010

Jardin des Capteurs - Montreal

.
"O conceito de landscape art desenvolvido pelo artista plástico Jean Paul Ganem busca usar a beleza das plantas como agente transformador da população local. Um exemplo é o Jardin des Capteurs, em Montreal, no Canadá. Ganem, com a ajuda de Ongs e instituições de apoio, descontaminou um aterro sanitário e, no local, plantou mudas para que a área fosse utilizada pelas pessoas "


Bueno, eu fiquei me perguntando então "que fim levou o aterro?", mudou de lugar, vão criar outro? certo que não entendo muito de lixo, a não ser o meu próprio lixo, que aliás, depois que sai da minha casa, não sei pra onde vai. Mas enfim, ficou bonito o jardim do moço, ?
.

.

7 comentários:

Manuel disse...

Ficou bonito o jardim do moço, né?
Maravilhoso sintetizar.
Adorei a forma como conseguiu transformar, com o artista, o horrível no belo.

Lorena disse...

mesmo através das águas de tradução suas palavras são tão belas

Augusto Dias disse...

Adorei o jardim do moço, ainda mais tendo sido feito onde foi
Obrigado por trazer esse conhecimento até nós.
Beijos! Fique com Deus!

Ignacio Bermejo disse...

Sí, si fue bonito. a mi me encantó leer.

William De Lucca disse...

Passei pra agradecer os comentários no meu blog. E belo texto, como sempre.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Manuel
vc vê que parece que tem jeito pra tudo!

Lorena
Que linda que vc é!

Augusto, achei bem legal, e soube que tem plantações de arroz, desse jeitinho, no japão. Vou pesquisar. Gracias por sua leitura.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ignacio
Bem vindo. Que bom que você gostou.

Willian
estamos aí para isso!


voltar pro céu