.

.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Michael Jackson, ou como matar a poesia da vida do outro







Morreu o cantor
Michael Jackson, aos 50 anos, na tarde desta quinta-feira, no Hospital UCLA, em Los Angeles. Ele não resistiu a uma parada cardiorrespiratória. Foi demais pro coraçãozinho deste ser humano.... Sem ar e sem amor, quem pode viver?
Poxa, depois eu repenso e escrevo melhor... agora fiquei muito triste.


vídeo da BBC, agora vale a pena falar bem dele...

4 comentários:

13 disse...

pena que as pessoas só falam bem quando estas morrem :|
Lá está a tendência do Ser Humano só dar valor ás coisas/pessoas quando as perdem ou ficam sem elas.

Walkyria Suleiman disse...

Pois é 13, por isso linkei uma lance que escrevi sobre ele....faz tempo. Vc viu? legal vc comentar, abraços procê.

Carlinda Hellen disse...

:(

Muito triste.
Goatava muito das músicas dele.

Walkyria Suleiman disse...

Eu também Carlinda... muito triste toda a vida desse ser. As pessoas podem ser muito más e, certamente o foram, no caso do Michael.


voltar pro céu