.

.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Código Penal, gente cidadã e novela das 8

.

Vocês sabem, que em nome da cidadania a gente faz qualquer coisa, ainda mais pra não ser chamada de ignorante, alienada e mais por fora que umbigo de vedete, como dizia a minha avó(expressão altamente em desuso, porque ela é do tempo que mostrar umbigo, barriga, pneus, banhas e peitos, era coisa de vedete, a saber, mulheres de vida duvidosa).

Já basta o fato de eu nunca ter visto um capítulo sequer da novela das oito da rede GLOBO e passar por idiota quando, os brasileiros à minha volta, desfiam ritos e palavras em língua desconhecida até para os indianos, e eu não sei do que se trata.

Por algum tempo pensei que era um tipo de frescura das pessoas e, como não tenho tempo pra frescura alheia, não perguntei nada. Mas a Inês, lá em Jaguariuna, me disse que era um lance da novela.

Valha-me-deus-nosso-senhor-da-india, que tive que ir pra Vila Yamaguishi pra descobrir os mistérios do oriente. Eu até achei que Barrone fosse um nome escatológico, que ia aparecer o Barrodois! Mas enfim, sou muito por fora mesmo.

Mas o assunto é outro. Analisando o nosso Código Penal, descobri fatos interessantes, vejam só.

"O Código Penal vigente no Brasil foi criado pelo decreto-lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 pelo então Presidente Getúlio Vargas, tendo como Ministro da Justiça Francisco Campos.

Apesar da criação em 1940 o atual Código só entrou em vigor no dia 1º de janeiro de 1942 (artigo 361)."

Bem típico , dois anos pra arrumar a casa, encobrir os lances da classe dominante, enfim, pra lavar a sujeira, que por sinal era tanta, que nosso presidente recorreu à tática citada por mim no último post, para salvar a honra.

E continua....

"...A substituição do Código Penal foi tentada pelo Decreto-lei n° 1.004, de 21 de outubro de 1969, mas as críticas foram tão grandes que foi ele modificado substancialmente pela Lei n° 6.016, de 31 de dezembro de 1973. Apesar de vários adiamentos para o começo de sua vigência foi revogado pela Lei n° 6.578, de 11 de outubro de 1978.

Após o fracasso de uma grande revisão no sistema penal, em 27 de novembro de 1980 foi instituída uma comissão para a elaboração de um anteprojeto de lei de reforma da Parte Geral do Código Penal de 1940. Esta comissão foi presidida por Francisco de Assis Toledo e tinha como integrantes: Miguel Reale Júnior, Francisco Serrano Neves, Renê Ariel Dotti, Ricardo Antunes Andreucci, Rogério Lauria Tucci e Helio Fonseca."

Então, revisão pra casa do chapéu... ou daquela outra parte da anatomia humana, demosntrada pela imagem meramente ilustrativa ao lado.

"...Embora seja um diploma relativamente extenso, o Código Penal (Direito Penal fundamental) não esgota toda a matéria penal prevista na lei brasileira. Há uma quantidade extraordinária de leis penais especiais (Direito Penal complementar)."

É aí que entramos, meninada cidadã e altamente participativa.

Proporemos um acréscimo no Direito Complementar. No decreto que pune Formação de Quadrilha, acrescentaremos penalidade igual ou superior pra aquilo que, de ora em diante seria considerado crime, a saber a Formação de Família.

E aí...oceis assinava?

Formação de Quadrilha e

Formação de Família!






Te cuida Vipaiada do Nordeste e adjacências, que a plebe tarda e falha... e a vida continua!






Imagens meramente ilustrativas, tipo aquelas comidas que compramos no super, com fotos que aguçam a boca do estômago da gente, chega em casa, abre o bagulho e a gente usa a mesma aguada de boca pra vomitar, de tão escrota que é a coisa ao vivo, fora da foto. Sorry a crueza dos fatos expostos, gente fina.

.

9 comentários:

Ma Folie Design by Guta disse...

flor gostaria de convida-la a conhecer meu bloguito :)
Espero q goste :)))
bjokas guta

Josemária Carvalho disse...

Seu blog é maravilhoso!bastante criativo .

Pedro Antônio disse...

Quer dizer que eu sou uma luz na escuridão?!

:) :) :)

Que liiiiiiiiiiiiiiindo! Você me abriu um sorrisão no rosto!

Te amooooo!

Beijoooooooooooooooo.

Pedro Antônio
www.atorremagica.blogspot.com

Walkyria Suleiman disse...

Pedro, vc é sim, e vc sabe, todos dizem isso, nem fui original.

Walkyria Suleiman disse...

Guta, irei sim, me aguarde.

Walkyria Suleiman disse...

Josemária, obrigada, volte sempre.

Senhor da Vida disse...

Isso mesmo, concordo com você, formação de familia é crime sim,e deve ser punida!
Faço coro, bjs!

Walkyria Suleiman disse...

Senhor da vida, vamos nessa, enquadrar os caras pelo código penal!

Sylvio. disse...

Propor é comigo mesmo!!!!!
Muito legal a foto daquela moça apavorada e roendo as unhas que deve ter sacaneado gente pra burro (Juíza? Senadora? Executiva da TElefônica?). Rêrêrê!
Nada como ler blog de jornalista.


voltar pro céu