.

.

sábado, 1 de agosto de 2009

Sempre pode ser pior


Depois do advento do PPS, com músicas arrepiantes, efeitos retardantes e mensagens enojantes, eu pensei que nada, mas nada mesmo poderia ser pior pra se abrir e ver num computador.

Engano enganoso, tem uma coisa pior ainda e eu vou contá-la, apesar da bronca que tô. Eu gosto de navegar, desde o tempo em que trabalhei com pesquisa de conteúdo pra UOL, e olha que nem existia banda-larga. Eu já tive muita paciência nessa vida....

Mas voltando ao assunto, eu gosto de navegar, é preciso e precioso. Então, quando tenho o azar de abrir um blog que tem 242 slides, e não satisfeito, ainda tem trilha sonora, poxa, é sacanagem.

Nunca sei se é o speedy (apesar da fibra ótica), se é meu PC fazendo alguma atividade sinistra, dessas que o Windows adora fazer, ou se é mais um blog que quer me enlouquecer.

Gente, sinceramente, tem slide ou trilha sonora, eu fecho. Primeiro porque quem gosta de slide é projetor e, segundo, porque trilha sonora é algo muito pessoal. Você pode botar tudo a perder quando a música não é assim, bem, uma Brastemp. Tipo Fagner, Fábio Junior, Simone ou essas new-ages que me irritam até o último fio de cabelo da nuca.

Me lembrou de uma história. Eu conheci um cara uma vez (Tânia, você lembra dessa história) e engatamos um lance. Vai daí que ele me convidou para ir pra Penedo com ele. Bom, fui né? Disse pra ele que levaria um gravador e vinho. Ele disse que levaria umas fitas, do Chitãozinho e Xororó, e também o vinho, pra que eu não tivesse nenhum trabalho.

Como dizia minha avó, "esmola demais o santo desconfia", mas eu fiquei mesmo encantada. Nem lembrei da vovó. Bom, morri de rir coma piada da fita e amei o lance do vinho.

Não é que chego lá ele tinha mesmo levado a fita do Chitão&Cia? E o pior, queria que eu ouvisse. No meu gravador não, gavião.

Para finalizar ele levou vinho, assim, no singular gente, uma garrafa. Nunca mais vi, graças à Deus que é pai. Ainda bem que o carro era meu e me levou de volta pra sampa no mesmo dia.




Mas voltando para o barato dos slides e trilhas, era só um desabafo, porque meu tempo é limitado, navegar é uma coisa que tem que fluir e, blog, é pra abrir, não pra ficar girando, girando, girando...... vou vomitar.

6 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Wall,

Num é que TU engoliu a língua?!ahahahaha. Ah, também concordo contigo em algumas questões. Quando o blog tem muita coisa, demora muito pra carregar. Lá no Néctar a caixa de música fica visível e a pessoa tem a opção de dar o pause. Sei lá, cada um decora a casa como quer, né? Eu tento não poluir muito o ambiente, sou clean e mais hot...kkkkkkkkkkkkkk

Beijo imenso, menina linda.

Gosto tanto de ti, sabia?

Que seu sábado seja iluminado!

Rebeca

-

Elinha disse...

É verdade!!! Não adiante ter muita coisa e não ter conteúdo. E música é muito pessoal mesmo.

Mas essa do Chi&cia foi fogo!! Vc fez bem em correr logo!

Adoro suas postagens, pena que nem sempre tenho tempo para comentar...

Xero grande e ótima semana!

Vinícius Aguiar disse...

Concordo plenamente! Se tem uma coisa que me deixa chateado é quando eu abro um blog e ouço uma música de fundo... aparte a questão do gosto musical que é muito pessoal, ainda tem o fato de que vc praticamente não consegue se concentrar na leitrua né... pelo menos pra mim, ou eu leio, ou ouço música... mas enfim, achei muito pertinente seu texto! Parabéns!

Walkyria Suleiman disse...

Rebeca da breca, teu site me diverte tanto, mas tanto, porém só entro nele quando estou na boa, se é que vc me entende....tremo só ao lembrar.
E mordi a língua mesmo, quase me envenenei. Olha, vc me emocionou sabe.... precisava e nem sabia, de um carinho
Beijos mimha linda e beijo pro lindão do Jotacê

Walkyria Suleiman disse...

Elinha, eu às vezes entro num blog, desses que eu curto, como o teu, e passo um tempão me atualizando. Assim, das coisas que a pessoa pensa, espera e sonha. S assim vou, um de cada vez.
Menina, aquela história, bem tem detalhes picantes...hehehe

Walkyria Suleiman disse...

Olha Vinícios, tá ficando lindão oteu blog. Obrigada por me ler, ou tentar entender minha tradução.


voltar pro céu