.

.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

A CIA Democra LTDA













A democracia virou mesmo uma Corporação, uma companhia limitada, é a CIA Democra.


Veja só que coisa mais rara o texto do projeto, que já foi aprovado na Câmara e já bate às portas do Senado, que vai definir as regras para o uso da NET nas eleições.




O senador Eduardo Azeredo(tinha que ser do PSDB) e relator do projeto, sugere que a Net seja tratada como como a imprensa, o rádio e a televisão. Calma eu explico essa proeza mental. Os textos na Net devem seguir à risca as regras dos jornais, os vídeos da televisão e, já entenderam né, os áudios do rádio.

Vai daí que a propaganda política OBRIGATÓRIA se estenderia a nós, ao nosso espaço. E mais, e aí a Cia Democra se excede, rodopia e abre alas, é crime opinar, defender ou ser partidário.


Que tal minha gente, isso que é Corporação, isso que é abuso de poder.

Mas esse bolo vem com aquele enfeite lindo em cima dele, brinde da Cia demacra. Você pode espernear, reclamar e até votar. Não muda nada, mas, no mundo livre, você é ouvido....


Agora me fala, esse espaço da NET é o lugar mais anárquico que a criatura criada já criou. Aqui cada um fala o que quer, quando quer e se quiser. Não sei, não estou conseguindo me expressar, mas então, para garantir a lei, teria que haver censura da NET. Como seria isso? Os jornalistas, blogueiros e afins teriam que esperar pra liberar seus comentários?

Bem, minha loirice e saco cheio me impedem de ser imparcial nesse momento. E aqui entre nós, como cunhar cientificamente a imparcialidade? Num regime de exceção, de emendas e casuísmos, qualquer um pode ser vítima da Corporação, ou do colega de trabalho que não vai muito com a nossa cara.

Não sei,
não sei mesmo
se entendi tudo isso.

7 comentários:

Ligia disse...

E o círculo vicioso: controlar tudo que permita que as pessoas formem uma opnião ou não.
Sempre conveniente só pra eles.

Walkyria Suleiman disse...

E a isso chamam de liberdade....Lígia, que foda heim!

Sylvio. disse...

Ai! Tô com brotoejas!!!!!!
Se fosse um maluco, um cara frio, e tivesse lutado no Vietnam, direcionaria minha revolta, e me tornaria um sniper...

Mas não sou tudo isso, e não passa pela minha cabeça apagar ninguém; então fica a pergunta: que merda poderá dar se esses imbecis continuarem a pentelhar, a estuporar meus dias dessa forma??????
Será que ir no centro e encomendar um trabalho ajuda?????????? Será que em outra vida nós batemos em nossos predecessores?

RUBENS GUILHERME PESENTI disse...

Wal, o foda de tudo isso são as cercas que querem colocar pra transformar tudo em um grande curral. claro, eles são os fazendeiros.
como você diz, um espaço anárquico onde existe a possibilidade de expressão razoavelmente livre é extremamente perigoso.
não diria que é uma Zona Autônoma Provisória, mas é um grande instrumento para isso.
óbvio, tentarão impedir.

é isso!

beijos.

Walkyria Suleiman disse...

Toda liberdade, ainda que pouca, contamina a alma humana, né Rubens. Nós, como gado desse curral, temos faro pra essa força imaterial que é a liberdade.

Walkyria Suleiman disse...

Ah Sylvio, continua a pensar e amar, isso gera mundos, vc sabe.

Sylvio de Alencar. disse...

É disso que preciso: de pessoas que me mostrem que não estou só em minhas intenções. Sabemos que não estamos, mas ouvir (e sentir) certos universais sentimentos é sempre bom.
É..., gera mundos!


voltar pro céu