.

.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Clarisse Lispector, sempre!

"Não pense que a pessoa tem tanta força assim
a ponto de levar
qualquer espécie de vida
e continuar a mesma.


Até cortar os defeitos pode ser perigoso
-
nunca se sabe qual o defeito
que sustenta nosso edifício inteiro...


há certos momentos em que o primeiro dever
a realizar
é em relação a si mesmo.

Quase quatro anos me transformaram muito.

Do momento em que me resignei,
perdi toda a vivacidade e todo interesse pelas coisas.

Você já viu como um touro castrado se

transforma em boi. Assim fiquei eu...Para me adaptar ao que era inadaptável, para vencer minhas repulsas e meus sonhos, tive que
cortar meus grilhões - cortei em mim a forma que poderia fazer
mal aos outros e a mim. E com isso cortei também a minha força.

Ouça: respeite mesmo o que é ruim em você -
respeite sobretudo
o que imagina que é ruim em você -
não copie uma pessoa ideal,

copie você mesma
- é esse seu único meio de viver.


Juro por Deus que, se houvesse um céu,
uma pessoa que se
sacrificou por covardia
ia ser punida e iria para um inferno qualquer.

Se é que uma vida morna
não é ser punida por essa mesma mornidão.


Pegue para você o que lhe pertence,
e o que lhe pertence é tudo
o que sua vida exige.
Parece uma vida amoral.
Mas o que é verdadeiramente imoral
é ter desistido de si mesma.

Gostaria
mesmo que você me visse
e assistisse minha vida sem eu saber.


Ver o que pode suceder quando

se pactua com a comodidade da alma"


A querida amiga Mimi, mandou pra mim, pra ver se eu tomo jeito, saio do bode, rasgo todos os documentos e vou pra Irlanda.... e ainda me torno a segunda senhora Yusuf Islan.
.

16 comentários:

anonimo_claxb disse...

ameei*-*

b disse...

Ser a segunda senhora do Yusuf deve ser no mínimo interessante...
Hein!?

Sylvio de Alencar disse...

Bom ter amigas(os), né!

Sonia Schmorantz disse...

Se a gente ler e aprender tudo isso, tem um Yusuf para todas??? brincadeira, rsss
beijo e lindo final de semana

Lolita disse...

Gracias por visitar mi blog. Teu blog es muito profundo e interesante. Te sigo. Besos.

A. Reiffer disse...

Ótimas seleções! Muito bom teu blog. Vou passar a acompanhar.

BAR DO BARDO disse...

so good

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Claxb.... vi que vc tá tristinha né? Então vamos lá afastar o bode.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Bárabara, fala sério.... eu topava, ainda mais tendo outra pra dividir o cara, pq, minha filha, homem dá muito trabalho.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sôni, essa é a coisa mais inteligente que ouvi nos últimos tempos sobre VIVER. Vc é demais minha nega!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Lolita, tu blog me encanta tambien. Bien venida!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Reiffer, obrigada e venha sempre.

Delirius disse...

Amei!
Gostei da sua visita!
Seu blog é esplendido!

Abraço

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Delirius, obrigada por seu comentário, volte sempre, e tbm sigo teu blog, apaixonadado e sensível.

Sylvio de Alencar. disse...

"Dividir o cara"... (vixi, as coisa tão pegando!!)
"Homem dá trabalho"... (ahhh, vá...)

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sylvio, um dia ainda explano minha idéia de dividir essa criatura tão carente e trabalhosa que se chama "homem".


voltar pro céu