.

.

domingo, 16 de maio de 2010

Isso aqui não é uma democracia

.
Gentefina, tô repostando porque tem a ver!
Tem até comentário do Sam...







Isso aqui não é uma democracia, e oh, que alívio sinto ao escrever isso. Enfim tenho um lugar "pra chamar de meu". Só meu, ninguém dá palpite, não tem votação, não sou subjugada à vontade da maioria que, desde que me conheço por (inteli) gente, percebo ser a somatória mais burra, festeira e irresponsável que tive o desprazer de conviver.


Ah, aqui quem manda sou eu, eu e os eus de mim, que podem variar de tamanho, força, cor, credo, ideologia, gosto, vontades e desejos, assim, num toque de mágica, sem precisar se explicar, se colocar, se desculpar. Enfim sou uma pessoa livre, leve e solta, que pode ser, não ser, deixar de ser, a qualquer momento, se isso assim me convier. Sem, naturalmente, ter que aguentar o clamor da maioria, sempre esmagadora. E eu não sou tomate na pista pra ser constantemente esmagada por maiorias inoperantes, cheias de saberes, achismos e certezas irrevogáveis.

Aqui não tem essa de emenda, de projeto, de pacote, de constituição. Aqui não tem remendo gente fina. Tudo isso porque aqui não existem leis. Onde não há lei, não há argumentação da razão, nem emenda, nem desilusão, muito "menas" discussão. Aqui só quem fala é o coração. Ao invés de remendo, fazemos bordados. Cada ponto pode transformar o desenho e as inteções da bordadeira.

Aqui as coisas se constróem e destróem com a maior facilidade, deixando o interlocutor ciente da efemeridade(iche) das ideias, das filosofias, e sobretudo da ciência.

E nessa liberdade, cercada por mim de todos os lados, vou que vou, nem preciso me preocupar quando não sei, quando não quero ou quando não entendo. Não preciso nada disso porque não tenho que votar pra nada, nem fazer campanha pra que minha ideia e posição sejam respeitadas.
Aqui, rsrsrs, só tem ideia minha!


E então eu olho toda essa liberdade e vejo que essa vida é muito louca mesmo. Neste "blog pra chamar de meu", o que mais rola é interface e sinapse. Tudo me leva a alguma ideia ou sentimento. Cada linha aqui escrita, foi fruto de uma leitura em outro blog, ou em algum livro, ou ainda, fruto das conversas com meus amigos e inimigos.

Cada foto que copio aqui, vem carregada dos sentimentos que o autor da foto percebeu com seus olhos e eu, como boa vidente que sou, pude ver.

Cada comentário dessas pessoas que não votam, mas que apitam, muda meu pensar, amplia minha consciência e torna minha vida mais completa.

Completa porque eu sou feliz gentefina. Sou feliz porque digo o que quero, doa a quem doer. Mas não dói a ninguém, porque todos são tão carinhosos, ou concordam, já que isso aqui não é uma democracia. Meio como aquela fala dos anos 70 no Brasil, ame-o ou deixe-o. Eu tenho agora esse lema. Com o perdão das palavras, "se você me ama, foda-me, se não me ama, foda-se." Hum...acho que é do Nicholas Behr, mas não tenho certeza.


Ah, gente fina, acho que o que quero dizer é que eu não sou nada se não abro o coração pras mensagens que chegam do mundo a todo instante. Na rua, na cidade, ou numa casinha de sapé! Até no Wando eu me inspiro, até o Wando cabe na minha vida.

Sério.... olha que lindo isso. Aqui, onde não existe a democracia, aqui, tudo tem lugar, tudo pode ser sentido, compartilhado, e nem precisamos concordar, ou negar, ou, ou, ou. É verdade mesmo que a felicidade verdadeira só existe quando compartilhada, foi o que disse o mocinho do filme Na Natureza Selvagem.

Aqui eu sou, vocês são, e nossa vida acontece.
Brigada viu! Por, apesar de não poderem votar, continuarem firmes seguindo minha vida... assim, na acepção mais poética que possa existir. Sendo testemunhas do meu viver.

E na foto, estão as jabuticabas como pano de fundo da minha vida. Porque para bom entendedor uma foto basta!

PS- Agora, fala sério; escrever ideia sem acento, não entra na minha cabeça.
.

21 comentários:

sam rock disse...

Góstame que vostede defenda que é dona de seu, como debe ser. Abaixo as dictaduras de palabra, obra e omisión.

Unha longa aperta

T@CITO/XANADU disse...

Afinal...
O que é democracia,senão, o mais forte fazendo o que quer e dando ao mais fraco o direito de espernear?
Tácito

PS - Espernear e votar também! (rs)

Walkyria Suleiman disse...

Sam, que bom que vc voltou. Abaixo as promessas, abaixo as doutrinas, nós queremos acima.....hehehee

Walkyria Suleiman disse...

Tácito, vc resumiu sabidamente a questão..... espernear, reclamar e votar. E salve a ilusão!

Sônia Silvino disse...

Bom dia!!!
Que o seu domingo seja muito gostoso e cheio de paz!
Fico muito feliz quando você visita os meus blogs. Você pode acompanhar as atualizações e escolher aqui, dentre os vinte, qual o tema que mais lhe interessa:
http://blogsdasoniasilvino.blogspot.com. Ou... visitar todos e me fazer uma blogueira imensamente feliz.
Blogar me dá muito prazer. Visitar seu blog me dá muita satisfação, pois gosto das suas escolhas ao postar aqui. Receber as suas visitas é o maior presente para mim. Cada dia, ao ligar o notebook, espero sua visita ansiosamente, pois adoro você.
BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

Machado de Assis
-Bjkas, muuuuuuuitas!-

Blog do Mensageiro disse...

Sou fã incondicional de 'Into the wild', trilha (Eddie Wedder) e roteiro. Como história real, concebida e vivida, é lindo até um deerminado ponto, já que não é possível criar um final diferente do real. Ah, claro, fã incondicional do céu aberto, que abriga nuvens, estrelas e astronautas que sabem quem manda no pedaço. Beijo!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

André.
sou sua fã incondicional...meio sem tempo, meio com dores, muitas dores, pra dizer a verdade...
Mas quem manda aqui é o momento, o amor e os sentimentos em geral...do se humano. raiva, ira, ciume, paixão, atração, ah, sei lá, tudo que faz a gente. cabe aqui.

Gerana Damulakis disse...

Seu blog é pura sinceridade. E acho que isto é algo tão importante que faz os leitores voltarem. É o q sinto aqui: deu na telha, vc escreve, sem amaciante.


O meu comentário q se perdeu foi sobre "ficha limpa" blá-blá-blá.

milu disse...

Hoje estou piegas....teu comentario me deixou assim..."molinha....molinha". To me sentindo assim....como dizer...toda prosa...toda boba...Adora te ler, parece que escuto a tua voz( imagino, pois nunca te ouvi).Sa Wall, a minha filha( minha Flor) mora ai em SP, penso que a proxima vez que eu for visita-la a gente a gente poderia se encontrar...se conhecer...iria ser mto bom né?Eu iria adorar. Bjs e obrigada.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gerana
vc me fez rir....acho que esse é o melhor presente, quando eu rio.

Se a gente pensar bem....é quase tudo blá blá blá...

Gerana, já disse que adoro te ler né?
No teu blog, nos comentários em outros blogs....

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sonia
fique à vontade para fazer propaganda do seu blog no meu. Não se intimide....hehehehe

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ô Milu..... e quando vai ser esse dia?
Vem Milu...vem....vem...olha, tô te hipnotizando!

Vamos combinar....vc tem que me ligar antes de vir, pra eu me organizar.... tapete vermelho, bufet, confete, banda....heheheh.

betina moraes disse...

wal...

a conversa fiada daqui é afiada e muito proveitosa, sempre!

de tudo o que eu li fiquei lá na foto da jabuticabeira e a loira. como você é bonita. ainda bem que sou você!

não seja democrática mesmo! muita democracia gera falta de educação. a expressão (expressar-se) é única e individual, não se coletiviza inspiração, não se deve dar liberdade para colocar sal na panela alheia e tantas outras coisas que são intimas demais para virar coletivas e montarem simpósio. eu sou linha dura e tenho dito!

um beijo, que post ótimo!


PS, a PV de hoje tá de sacanagem! eu nem vou me dar ao trabalho de colocar aqui. mando direto para o e-mail e você me diga se uma senhora casada pode se dar na tradução de tal verbete...

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

hahahahahahahahaah
eu tbm sou linha dura, nada de brochura aqui em casa
hahhahahahahaha

isso é quando aqui tinha quem pudesse brochar!

Vc disse tão bonito, até quando a ideia é minha vc disserta melhor. Que combinação infernal a nossa!

Tô louquinha pra eaber o que a PV, ptonisa da nossa vida, carcou em vc.

Carcou, é um termo carcamano....hehehe. E fundo!

betina moraes disse...

hahahahah

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Betina!!!!!
Mas que falta de respeito da PV. Se seu marido ou seus 200 filhos virem isso...que será da tua rePUTAção?

betina moraes disse...

KKKKKKKkkk


pois é! veja que insulto aos bons modos de minha pessoa?!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

BB
tô achando que essa PV quer se antopomorfizar..... e tá te abduzindo...

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Meu...tenho que ir trabalhar.... pode?
Dou uma aula agora.... nem te falo do quê pra vc não se assanhar.

ednampc disse...

Havendo flores, jabuticabas e palavras sempre haverá alguém inspirado para descrever essa atmosfera, para observar, explicar e discutir suas essências. Eu na minha simplicidade acho tudo isso muito excitante feito sob medida para quem tem fome de idéias.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Edna
morro de saudade de vc...
da sua casa
do seu marido, rsrsrsr. Vc sabe como eu adoro ele.

Morro de saudade querida, da tua cabeça aberta, cheia de nuvem.....e estrela.


voltar pro céu