.

.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Outro jeito

A ilusão invadiu o sonho
E a manhã acontece de outro jeito.

Tudo é entranha pra quem se estranha.

Deve estar muito perto,
Mas a distância se perde
E eu não sei o caminho.

Me perdi em sorrisos alheios
Na solidão de outros
Em doces ilusões ancestrais.

Reconheço os ruídos
E eles não me são familiares
Me encarno em astrais invisíveis
Me encontro em corpos diferentes
Sólidos, frágeis.

De pedra ou de água?
Somente ilusões e falseadas sensações.

Vivo, ou penso uma vida vivida?
Não sei de onde venho
Venho de um corpo
Ou venho de um cultivo de longe não identificado?
Uma obra de conseqüência
Um amor apaixonado
Um sonho vadio
Ou de algum laboratório germinativo?
Tudo é tão vago e inopinado....

Minha espera,
O meu grande pensamento
Está por vir.

Os acontecimentos não devem esperar.
Todas as grandes mensagens
Precisam sentir que existe um além
Muito além do infinito da folha de outono
Que os meus olhos perseguiram
E o inverno engoliu.

Espreito sem medo
Sem testemunhas
Sem agradecimento possível
E portanto sem dor.

Ninguém me ouviu
O mundo dormia
O amanhã acontece de um outro jeito.

Atualização:

"Quando despertamos de manhã, acordamos, quando despertamos no sonho, estamos vivos, entre uma e outra coisa temos consciência da ilusão."

Comentário do JBarros para essa postagem. Resumiu de forma méstrica.
Será que existe essa palavra? Bem acabo de inseri-la no meu dicionário, então.
.
foto Steve Steigman

28 comentários:

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.
Todas as dúvidas presentes neste texto, só são possíveis nos corações daqueles que entendem que a vida é cheia de mistérios impossíveis de serem respondidos, mas essenciais para que passemos pela vida e vivamos.
Linda semana pra ti.

Adriana disse...

Ai ai ai...
Quando eu crescer quero ser igual a você !!!
Que texto lindo !!!!

Bjim

Beto disse...

Pois é, o amanhã acontece de outro jeito, se acontecer...

Adriana disse...

Ah...

temselinho para você lá no meu blog
http://resendeadriana.blogspot.com

Beijinho.

JPBARROS disse...

Quase queimava um dos dois neurónios que me restam, de tão profundo o seu texto.
Quando despertamos de manha, acordamos, quando despertamos no sonho, estamos vivos, entre uma e outra coisa temos consciência da ilusão.

Muito bom, parabens

Sonia Schmorantz disse...

Lindíssima letra!
beijo, ótimo fim de semana

EDUARDO POISL disse...

Hoje passando para te ler, e desejar um lindo final de semana com muito amor e carinho

"É melhor tentar e falhar, que preocupar-se e ver a vida passar.
É melhor tentar, ainda que em vão, que sentar-se fazendo nada até o final.
Eu prefiro na chuva caminhar, que em dias tristes em casa me esconder.
Prefiro ser feliz, embora louco, que em conformidade viver..."
Martin Luther King

Abraços com todo meu carinho

Adolfo Payés disse...

Precioso como siempre tus versos..


Un beso

Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos..

Que pases un buen fin de semana..

sam rock disse...

Non te ouvimos, pero lemoste coa ilusión de atopar esas illas de ensono que perseguimos nun mundo de velocidade superlativa.

Um abraço

Bo fin de semana

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Beto
Herhehe, um dia o mundo acaba. Será que no céu pedem crachá?

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

San, acho que não entendi. Vou traduzir, péra lá.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Adriana
coisalinda, levantando a bola da titia...obrigada viu!
O selinho já vi, é lindinho, e logo mais posto.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Aluisio...
esses espelhos que Deus me manda, são tudo pra mim. Obrigada pelo reflexo, me mandou mais para dentro, mais pro meu coração.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Eduardo
suas lembranças são sempre na mosca. Muito bom o querido Martin. Tô com ele e não abro. E com vc.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

JBarros
não vem não. Eu que peno no teu blog, com os assntos tão profundos e libertadores. Adoro. Vou usar tua frase no post. É demais!

Mariana disse...

Se o atual não está bom ,precisamos achar outro jeito.
O importante é ser feliz.
Tenhas um lindo fim d semana.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sonia
minha boneca azul, feita de vento, água e cor.
boa semana

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Adolfo....
que prazer que vc me leia. É uma honra!

Norberto Marques disse...

Oi Wall :)


Como não tenho recebido noticias suas, espero que esteja tudo bem consigo. Não interessa de onde você veio, amiga..interessa que tenha um coração cheio de amor para dar, e isso sabe dar.
Bom fim de semana.

Beijooo
Norberto

As Dores do Silêncio disse...

Olha o seu texto,resumiu o que sou hj
Esta de parabéns pela maravilhosa escrita!
Tenha um otimo final de semana
abençoado repleto de muita luz
fique com Deus
bjs
Soll

ana.d.w disse...

Wal, desculpe-me o atraso nas visitas aqui no seu blog, tenho estado muito ocupada, mas hoje deu um tempinho, vim aqui e não me arrependi! O texto está incrível, perfeito, me lembrou de um trecho de música: "Amanhã pode ser que o nada exista e tudo seja ilusão". As questões levantadas no texto são dignas de serem respondidas mas talvez não tenham respostas. Texto filosófico,profundo. Gostei muito:)
beijos:*

Norma Villares disse...

Excelente poema, para bem refletir.
Gostei de seu blog, estou seguindo seu blog, voltarei mais vezes.
Bom final de semana
Um grande abraço

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Mariana
eu nem sei se está bom ou ruim, mas vc tem razão, devemos mudar o que incomoda, mas temos que ter isso definido, verdadeiro, presente, não em estado fantasmagórico ou ilusório.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Dores do silêncio....
Queria saber teu nome para poder dizê-lo aqui, agradecer sua afinidade e sua disposição em compartilhar comigo. Obrigada amiga, amiga nova e bonita.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Minha querida e doce Ana.
"A vida continua como uma música", e é assim que tem que ser, como o nome do teu blog delicioso e fresco como uma flor, que é o que vc é.
Eu estou perto....e assim ficarei.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Norberto
a vida corre, a Luzitana roda e a terra gira. Ufa.... a gente vai que vai!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Norma, tbm estou no teu....que bom que nos encontramos, né não?

Norma Villares disse...

Na verdade seria " Com Mestria".
Méstrica é uma palavra inventado por você. O artista PODE...PODE... e pode ainda propor adicionar no dicionário. Assim uma língua vai se enriquecendo.
Um grande abraço


voltar pro céu