.

.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Bem vindo 2010, ano de Vênus

.

A viagem foi longa e suave e exatamente a zero hora de sexta-feira nosso planeta completará mais uma revolução em torno do Sol.

Foram quase 940 milhões de quilômetros percorridos à incrível velocidade de 107 mil quilômetros por hora, mas de tão suave nem deu pra perceber.

O momento marca o fim desta viagem e o começo de uma nova jornada em torno do astro-rei. Bem vindo 2010!


A precisão da viagem é tão grande que todos os anos a Terra atinge a mesma posição dentro da órbita e as mesmas estrelas que estavam no céu há 365 dias novamente poderão ser vistas, praticamente no mesmo lugar. Somente os planetas e a Lua mudaram de posição.

Olhar para o céu durante a passagem de ano é um ritual quase que obrigatório. Milhares de fogos de artifício estarão explodindo em um grande espetáculo de sons e luzes multicoloridas, comemorando o ano novo que chega. O espetáculo dura vários minutos, com as pessoas se abraçando e desejando votos sinceros de feliz Ano Novo.

Passados alguns minutos, no entanto, o brilho dos fogos de artifício vai diminuindo de quantidade e intensidade e nesse momento é normal que as pessoas olhem para o céu e falem sobre as estrelas. Muitas até arriscam os nomes das constelações presentes no firmamento.

Se você é uma dessas pessoas, esse artigo foi feito pra você! Ele vai ajudá-lo a reconhecer as diversas constelações e objetos presentes nas primeiras horas de 2010, um momento mágico que deve ser curtido com bastante esperança e sabedoria.


Olhando para cima
O primeiro lugar que as pessoas vão olhar é para o zênite, ou seja, a parte do céu que fica acima da nossa cabeça, mas o que vai chamar a atenção mesmo será a Lua Cheia. Rodeada pelas estrelas da constelação de Gêmeos, nosso satélite será um verdadeiro cartão postal e com certeza será o alvo celeste mais clicado nestes primeiros momentos do ano.

É no zênite que se encontra uma das mais belas constelações do hemisfério sul e que pode ser vista nesta época do ano: a constelação de Órion. Composta principalmente por quatro estrelas formando um quadrado, Órion tem em seu centro três estrelas, popularmente conhecidas como as Três Marias - Mintaka, Alnilam e Alnitak. As duas estrelas inferiores do quadrado são Bellatrix, à esquerda e Betelgeuse, à direita. No topo, à esquerda temos Rigel e à direita, Saiph.

Se nesta noite você tiver um binóculo ou telescópio, verá que a constelação reserva muitas surpresas. Olhe no quadrante superior, acima das Três Marias. Ali se encontra a nebulosa M42, um dos mais belos objetos do céu. É tão belo que você não vai querer parar de ver!

À esquerda da Lua e abaixo de Órion verá a constelação do Cocheiro e ao seu nordeste as estrelas da constelação de Gêmeos onde se destacam Castor e Polux, emoldurando a Lua.


Mais Estrelas
Movendo a cabeça para a direita, novas constelações surgirão sobre o quadrante leste. À direita da Lua, a meio caminho até o horizonte estará Marte. Apesar de estar a 110 milhões de quilômetros, o Planeta Vermelho será facilmente reconhecido, brilhando como uma estrela de meia magnitude negativa.

Outra estrela que estará atraindo bastante os olhares é Sirius, na constelação do Cão Maior e quase sobre a nossa cabeça. E não é pra menos: Sirius é a estrela mais brilhante que existe no céu e sua magnitude de -1.42 a torna uma espécie de farol celestial.

Do lado direito da constelação de Órion temos a constelação de Hidra, com a estrela Alphard, a Alpha de Hidra, em destaque. Alphard é uma estrela muito distante, localizada a mais de 177 anos-luz da Terra, cerca de 1.6 quatrilhões de quilômetros.

Vire-se 90 graus à direita. Você estará olhando para o Sul e o destaque é outra bela constelação que durante muito tempo orientou os grandes navegadores: o Cruzeiro do Sul, que parece sempre abraçado pela constelação do Centauro.

Agora que você conhece um pouco mais sobre o firmamento do primeiro dia do ano, chame os amigos e reúna a família. Após o momento da confraternização leve-os para fora de casa e mostre a eles o céu. É uma boa maneira de começar a curtir o novo ano que bate à nossa porta. Feliz 2010!


Direitos Reservados
Ao utilizar este artigo, cite a fonte usando este link:
Fonte: Apolo11 - http://www.apolo11.com/spacenews.php?posic=dat_20091229-095943.inc

.

4 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida Amiga
Que 2010, te traga tudo o que desejas, são os meus sinceros votos.

Beijinhos

Sonhadora

Sylvio de Alencar. disse...

Caramba! A gente vem pra cá meio que distraído, relaxado, curtindo expectativas, e aí, pronto!: uma interessante aula de astronomia!
Então Wall, este será um ano em que o Amor será a tônica?
Que bom será.
(4 da matina. Tô com sono).

Rui da Bica disse...

Olá Walkyria. Muito interessante este texto. Não sabia que entramos no ano de Vénus.
Tenho uma série de fotos tiradas pelo Super-telescópio Hubble, da Nasa, no "espaço" e este post deu-me uma boa ideia para as "postar".
Bjs.
.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Eu adoro olhar o céu, saber o nome das estrelas, pegar uma lanterninha e um mapa celeste e ficar adivinhgando as bichinhas no firmamento....


voltar pro céu