.

.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Deixa eu falar

is36

Bom, vou preparar uma cubets (cuba, coca com vodca), sentar aqui no terraço em frente ao mar, e escrever, nem sei como, nem se conseguirei posicionar os sentimentos que me assolam neste penúltimo dia do ano. Já volto.

Mesmo correndo o risco de escrever um monte de palavras desconexas, reflexo de meus sentimentos misturados numa cesta, como se fossem brinquedos espalhados pelo chão na tentativa de arrumar esse quarto dentro de mim, vou escrever, porque sei que eu sou minha maior crítica. Na verdade, meus seguidores, amigos e leitores, são tão generosos, que até me envergonho de não retribuir à altura tanta palavra boa e bonita.

Esse é o tema. Não sei o que pensam as pessoas que não encontram outros seres humanos como eu encontro. No super-mercado, no posto de gasolina, na calçada e nos blogs que navego com tanto prazer.

Olho para o ano que passou e, dentre tantos acontecimentos interessantes, crise e superações, vida gente, vida afinal, o que me faz sorrir com apego e gratidão, é esse bloguizinho que me abriu a porta pra versos, comentários, histórias, piadas, alucinações, sexo puro, devoções, e toda gama de sentimentos que as pessoas podem e devem ser capazes de produzir.

Sei lá, tô enrolando, pra variar, porque nem sei bem como agradecer, esclarecer, me fazer entender, onde o entendimento humano fica a dever, porque o coração, gentefina, não carece desse tipo de entendimento, e eu fico dando voltas no teclado pra dizer que amo todo mundo aqui. Piegas né, eu sei, eu sei. Mas como explicar às pessoas que me escrevem, que me adivinham, me intuem, perdem seu valioso tempo pra me escrever, pra dizer algo que aplaque a minha solidão e a minha, tantas vezes, decepção e estupefação diante do mundo?

is25Me senti tão acompanhada, como que com testemunhas da minha vida. Sei lá, de novo digo sei lá, parece que eu tenho uma biografia, que tem gente que sabe quem eu sou e, o mais importante, gostam de mim, me respeitam pelo que sou. E tudo isso não passa por cumplicidade(também passa, claro) ou coincidência de opinião, mas passa pela humanidade e pela generosidade.

Poderia citar nomes, nomes como Giseles, Andréias, Sylvios, Sans, Norbertos, Mimis, Yasmins, Lilicas, Ruis, Nydias, Ricardos, Angelas, Anas, Elaines, Wanias, Milus, Marinas, Leonardos, Sonias, Gustavos, Henriques, Bias, Elôs, Lauras, Zininhas, Eduardos, Alices, mas são tantos o espelhos, que quanto mais os olho, mais me emociono, e choro. O reflexo é sempre o mesmo. Gentefina!

Choro porque sou feliz neste momento(muito compartilhado, Gilson), onde eu poderia abraçar o mundo, principalmente quando algum português me manda beijo além mar (ah caçador). Pois é gentefina, sei lá, ficou um post bem médio, bem meloso, mas sorry, é o que sinto e se vocês não sabem, saibam agora. Vocês são meus interlocutores, para o bem ou para o mal.

Fiquemos juntos, não importa como, nem porque, nem que não exista explicação. Afinal, pra quê mesmo uma explicação. As melhores coisas da vida, não têm explicação mesmo. E isso é bom. Né não?

Bem, sei que devia entrar em cada blog que me desejou algo de tão bonito, ou que me valeu a vida neste ano, mas não dou conta gentefina. Não é preguiça não, é que eu tenho tanto pra falar, dá pra perceber, que um simples comentário não me satisfaria. E sabe, essa convenção de entrar no blog de quem comenta me enche um pouco o saco. Não quero fazer do meu ofício de blogueira (ai que chique essa) uma obrigação, um ofício que não seja de prazer. Então a exemplo de quem viver verá, quem ler, lerá.

Ah, e essas fotos arrasantes são desse site de fotografia, que arrasa, dá licença. http://www.sistermoon.art.pl/inner.html#bp4

.

15 comentários:

ONUBIUS disse...

A vida pode surpreender-nos com poemas reciclados doce e outra vez nossos queridos desejos, pode surpreender-nos com um grande buquê de jasmim no meio do inverno, você pode fornecer seu ensolarado com um grande céu azul e descolorir sua tristeza para fazê-lo de laranja o mais esperançoso você pode imaginar, para se tornar infectadas por esta força que às vezes vacila e nem sempre somos capazes de reinventar. Quero dedicar um sonho, um arco-íris de ilusões, uma avalanche de sentimentos e ao sorriso imenso virou este novo ano está a chegar, que seu sonho realizado, para que o seu sorriso vai ganhar a pulso tristezas poucos se atrevem a aparecer em torno de você. Empate por vocês, meus melhores desejos para o novo ano, duvido que não se tornar realidade, o que é dito e escrito um Feliz 2010

NO FIM DO ANO ABRAZZZUSSS

Gisele Freire disse...

Walzinha
"eu tenho tanto pra te falar, mas com palavras não sei dizer, como é grande o meu amor por vc"!
Aí Wal querida, bom ano pra ti amiga do meu coração, inda bem que te encontrei, inda bem que existe essa internet! rs :)
Bj Walzinha
Happy New Year my deariest friend! :)

Sylvio de Alencar. disse...

Ganhei um cubinho de cristal com uma rosa dentro gravada a laser, no Natal passado. Acabei de colcá-la mais à vista, pra ter bos vibrações ao falar com vc agora, e para postar em minha página depois.
Antes disso, ao ler suas primeiras linhas, levantei-me, fui até a geladeira, e abri um merlot da serra gaúcha. Tenho que estar à altura! (Rsrs!)
Como sou 'novinho' nessas paragens tenho poucos seguidores, dá pra visitá-los..., pra vc é bem mais difícil.
Estava meio assim com sua 'sumida' (de ótima), mas ouvindo suas palavras, relaxei (como ouvir é bom!!!!!!!!!!! Ajuda e faz crescer!).
Suas palavras não foram desconexas, pelo contrário; e, se fossem, comprenderíamos do mesmo jeito; os que usam a própria compreenção (estou ouvindo Rap in Hood em ritmo de samba, lindo)inserida em sentimento, falam e se expressam bem.
Que bom que vc tem tantos amigos e amigas. Taí, vc é rica, chegou lá; pegou o caminho certo, ou, continuou no seu; somos uma turma que seguimos nossos caminhos de coração (ou, 'do' coração).
Também me sobe um soluço ao escrever essas palavras; nem credicard paga essa 'irmanação'. É como se tivessemos encontrado nossa turma, tão procurada, tão querida.
Serei sempre seu interlocutor, enquanto aqui estiver, com todo amor, carinho, e responsabilidade; isso é umas das coisas que justifica minha vida: gostar de pessoas.
quando pensamos que 'podemos perder tempo aqui' descobrimos o quanto ganhamos ao escrever um oi que seja, ou, ao 'ouví-lo'.
Me considero bem vindo e acolhido aqui, esse sentimento me permite acolhê-la também.
Bem, o que dizer? Ahhh, já sei:
É nóis!
Um salve!

Ricardo Calmon disse...

kIRIA AMADA MIGA MINHA,AMEI O "COISA FEITA"ACHU QUE UM BLOG FUNDAMENTAREI COM TÍTULO ESSE!
Sabe morzinho virtual miga pessoa minha rerere!vc se destaca no communicare,pelo que tu exalas,affffffffffffffffffff!pura energia,pessoas emocionais como nós que vivem de sonatas em sonatas .aspirando sonhos esses amalgamarem em vida,de mel sobrvivemos no sugar e sonhar..e sonhos esses af !!!!deixa pra lá kkkk!bzu mãos suas coisa linda do pai,e choru sabe??por doçura e cabeça feita sua!

Viva La Vida!

Viva Voce!

Ano esse que adentra!ui ai aff! em vidas nossas,seja intenso e aprazível procê!


huhuuuu amutiiiiiiiiiiiiiiiiiii

milu disse...

Muito obrigada Walqyria, pelo "Ceu Aberto", que me deu tantos momentos de prazer em 2009.Vamos continuar em 2010...entao HAPPY NEW YEAR....Bjs

marinaCavalcante disse...

Ah, pois pra mim esse seu simples texto ficou ÓTIMO. Digo "simples"
pela linguagem, sinceridade.

E quero deixar bem claro aqui
que não é nenhuma perda de tempo
vir ao seu blog, ein, moça? (risos)

Ah, adorei ver meu nome nessa
sua última postagem de 2009 e tão
especial!

Tenho certeza de que, como eu,
todas as outras marinas e todos
os outros nomes de A a Z que frequentam este blog e comentam
o fazem porque gostam e têm motivos
para isso.

=)

Vida longa ao Céu Aberto!

Vida longa a Poesia, a Escrita
e a todas essas coisas boas que,
depois de adentrar no mundo
bloguístico, temos o prazer de
sempre encontrar!

Feliz 2010 para todos nós!!!

Grande abraço, mesmo!!!

marinaCavalcante disse...

Neste meu comentário acima
está subentendido o meu agradecimento,
ainda que não o tenha escrito.

Pode ser só nóia, mas
está aqui... é sempre bom
colocar, né? (risos)

>> Obrigada pelas palavras! :D

Gilson disse...

Wall

O Blog não é e nem deve ser uma obrigação, de obrigações já estamos cheio de tanta imposição dessa nossa sociedade hipócrita.
Agora posso dizer que estar compartilhando contigo vários momentos em 2009 que foram inteligente, que foram positivos.

Um abraço forte menina

ju rigoni disse...

Walkyria, eu estava lendo o seu post lá no reader, e vim... pra te dizer que é muito bom saber que neste mundo virtual há pessoas como você, capazes de colocar todos os pingos nos iiih! e, se preciso for, resgatar os tremas da consequência para privilegiar aquela linha de horizonte onde a razão e emoção se esbarram.

Amei ler esse post!

Um beijo, Walkyria, e um Ano Novo cheim de saúde e realizações procê e pros seus. Inté!

BAR DO BARDO disse...

Não sei o que dizer. Ainda não tomei a minha etila de praxe. Um beijo, Wal!

2010 supimpa!!!

Rui da Bica disse...

Walkyria, já te tinha dito que és uma pessoa excepcional ?...
Então vou dizer. "Tu és uma pessoa excepcional".
Valeu ter-te conhecido virtualmente !

Um Grande Beijão !...
e o melhor ano de sempre para ti !
.

Blog do Mensageiro disse...

Pensamentos desconexos, pontos sinceros, formatação difusa. Processo criativo que recolhe, ao final, os cacos espalhados pelo caminho e criam, nesse todo, um mosaico de emoções.Lindo texto! Feliz 2010!

Kimbanda disse...

Olá "AMIGA"
É uma vida agitada e sem tempo para nada, até para os amigos e para a confraternização. Como tal o não estar lá sempre em cima não quer dizer que não estamos lá verdadeiramente.
Para alguns amigos, não desejamos só um "olá" e temos muito mais a dizer-lhes, aguardamos sempre por arranjar o tal tempo que o tempo não nos dá e acabamos muitas vezes por nem sequer dizer o tal "olá" que o verdadeiro amigo sabe que tem mais profundidade e conteúdo do que aquelas pequenas três letritas e um acento!
É um pouco assim que me encontro por vezes, sentindo-me em falta com um "olá" aos meus amigos que estão separados pela distância geográfica. Mas também sei que um amigo, aquele amigo do peito sabe ler o nosso pensamento e já sabe de há muito tempo que embora não diga "olá" está sempre presente no meu coração.
Bem hajas Walkyria mereces muito os amigos que tens.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ah, Kimbanda, ano de Imanjá, e eu, no mar hoje, pensei em vc sabe.... puxa, seu olá gravou no meu coração como uma tatuagem. Olá, olá, olá.... doce palavra.

Lau Baptista disse...

É SEM DÚVIDA ALGUMA O CÉU ESTA ABERTO QUANDO VOCÊ ESTA PRESENTE!
PARABÉNS MINHA QUERIDA!
UM 2010 DUCA!
Beijos Lau


voltar pro céu