.

.

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Apenas um instante

.

menina4

Silêncio de luz do sol
Brisa balançando meus cabelos
Levemente.

No meio fio, espero.

Quanta lembrança cabe num lapso de tempo?
Ou será apenas minha imaginação?

Quadros, sequências
Centenas de imagens
Sons distorcidos
Do silêncio falso da memória.

Tudo e nada
Em apenas um instante.

Tu me perguntas:
- Que pensas neste instante?

Eu respondo:
- Nada, nada mesmo.
.

30 comentários:

Kimbanda disse...

Olá minha querida amiga.
Ano de Imanjá.
E um "OLÁ" com muito carinho para Walkyria. Um "OLÁ" que gostaria que atravessa-se este tanto mar e pude-se ser dito verbalmente, mas à impossibilidade de o fazer, fica a sensação boa de parecer que estamos aí, frente a frente e me parece estar a ouvi-la..Olá.
É muito bom estar por aqui!
Kandandos para si que iluminou o meu dia.

Mara faturi disse...

Interessante este "Céu aberto", bom de entrar, visitar...
bjo;)

Nivetha disse...

Hello dear

I found you site interesting... I request you to give link to my blog... I updated my blog regularly with current news

Title : Today News Updates
Url : http://2daynewsupdates.blogspot.com/

Rui da Bica disse...

Lindo poema !
Curiosa a frase: "o silêncio falso da memória".
Será possível estarmos em silêncio, com nós próprios sem estarmos a pensar ?...
Quantas vezes me perguntaram em situações dessas: "Em que estás a pensar ?... diz depressa" !
... e a resposta era invariavelmente: "em nada" !...
...mas era mentira !
.

Mundo Mundaca disse...

Belissima poesia..já pensou em publicar um livro?..acho que seria um sucesso!...adorei as ultimas postagens recheadas de lirismo com lindas fotos também.
Feliz Ano Novo!!
beijocas
yasmin

Nydia Bonetti disse...

instante de lembrar
silêncio de luz
- temp(l)o do coração

beijo, Wal!

betina moraes disse...

é um poema muito bom, me levou ao lugar do instante...

a memória nuca se cala, é uma verdade bastante importante!

um beijo, querida.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Rui, é mentira e é verdade....tudo e nada.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Yasmin..... vou lá no teu mundo!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Yasmin sua danada ilustrando livros...e que lindos desenhos. Olha, eu já escrevi um livro, e sabe, tinha 15 anos na época.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Betina!!!!! vc quase me amtou de alegria no teu blog.....

Ricardo Calmon disse...

EM APENAS UM INSTANTE ,DISSESTES TUDO,DA VIDA ,DO AMOR ,DA POESIA E DA AUSENCIA SENTIDA E RESSENTIDA!
POR ISSO TE AMO VIDA QUE A GENTE LEVA,ATITUDE É PRÓ VIDA!
BZITUSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
VIVA VIDAA!

.Leonardo B. disse...

[escuto em silêncio, o que posso desfrutar enquanto nada há acrescentar... apenas o meu discreto silêncio, atento!]

um imenso abraço
abraçimenso, Walkyria

Leonardo B.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Oi Mara, fique à vontade!

Gilson disse...

Quadros, sequências
Centenas de imagens
Sons distorcidos
Do silêncio falso da memória.

Quantas vezes não saimos de si em pensamentos e lembranças de algo que foi bom e que queríamos naquele momento.

Wall, você anda bem reflexiva heim menina..........

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gilson, ando pra lá de reflexiva....virei quase um espelho.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Leonardo, obrigada pelo silêncio atento...é mais do que a gente pode querer.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Nydia....sempre pronta a invadir com palavras mansas, o meu templo.

BAR DO BARDO disse...

Allegro!

zé márcio disse...

Adorei a foto, que figura, bjs.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ricardo, em apenas um instante vc me sacou.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Pimentinha....
ma non troppo!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gentefina,
fala sério,
alguém volta pra ver o que a gente responde aqui?
Hum...me parece debate político, pergunta, respostas, réplica e tréplica...rsrsrs.
Bobageira minha, sorry, mas fica a questão.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Kimbanda, fica a sensação de que estamos nos comunicando, e de um jeito forte!
Sara Walll

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ô Zé, saudade docê!

marinaCavalcante disse...

Tanta coisa cabe em um breve
segundo quando tratamos da
mente, do pensamento!!!

Ás vezes fecho os olhos
e me vem um turbilhão de
sons e imagens.
Me dá vontade de sonhar...

abraços! =*

betina moraes disse...

sabe que eu volto?

tanto que vi o que você disse sobre quase te matar, aí me deu vontade de dizer: você merece! não a parte de morrer mas as palavras boas todas que forem ditas a teu respeito!


um beijo, querida!

Sylvio de Alencar. disse...

eu, sempre acho que sei o que penso. Mas, não sei. Não muito.
Se refletir direitinho, chegarei à mesma conclusão que a moça da poesia.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Betina...
por causa degente como você, eu ando assim, me sentindo mais capaz.....obrigada

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Silvícola, eu tbm sempre acho que sei...mas é indizível, muitas vezes.


voltar pro céu