.

.

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Nau

.

Fim de noite
Nau silenciosa
Flores na lareira – eira, beira –
Vilas pequenas dentro da grande cidade – idade –

Não falo, choro –oro-
Penso nos meus sonhos de perder – arder –
Penso nos eu sonhos de encontrar – doar –

Diz quem é você
Fale do azul
Conte-me do longe – hoje –
Do outro lado do parque.

Fale da razão
Espere
Fale da primavera – era, era –
Que o resto será perdido.

Não, não lhe pergunto do amor
Pois não encontrei espaço para voar.
Tudo no amor é viagem – coragem?
O resto?
O resto não importa – morta .

foto - Toby Burrows
.

47 comentários:

ALİ EKBER ÇELİK disse...

todos os seres humanos
dia vem
morre

Norberto Marques disse...

Oi Wall :)

Interessante esse seu texto, gostei :)
Desejo-lhe uma boa semana :)

Beijo

Norberto

angela disse...

O RESTO NÃO IMPORTA..
Bonito
beijos

Phivos Nicolaides disse...

Because you are a star and you like the art, please have a look here STAR!

☼El Rincón del Relax☼ *Beatriz* disse...

Hola!!

Después de casi dos meses de ausencia, por motivos laborales, y con el tiempo justito de postear minimamente, ahora ya con más dedicación y tiempo, paso a saludarte y ver actualizaciones.

Siempre un placer visistarte, con mis mejores deseos de serenidad, recibe un relajante y cálido abrazo para tu ser.

Beatriz

Leonardo B. disse...

[que venham os ventos que sopram para longe toda a neblina; que imite o universo o teu intimo sorriso]

um dez cem meus abraços, Walkyria

Leonardo B.

Hana disse...

Este cantinho é muito mágico, amei, vou vir sempre!Vou deixar um carinho em forma de poesia, da escritora que amo e admiro!

Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar.
(Clarice Lispector)

Com imenso carinho e gratidão por ter visitado meu cantinho da harmonia.
Hana

Mai disse...

E navegar... porque é preciso poesia.
abraços e boa semana!

Pérola disse...

Boa noite.
Intrigante o seu texto.
Eu diria até misterioso.
Parabénsssssssssssssss.
Um linda noite e um beijo grande.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ali,
é o destino do ser humano. mas tem momentos, que me sinto morrer um pouco.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Norberto,
meu querido, boa semana pra vc.

Phivos,
fui lá e te vi todo bonitão heim!

Rincon de relax
que bom que vc voltou, e muito obrigada por suas palavras.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Angelita....
o que importa mesmo? às vezes tenho tanta dúvida.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ah Leonardo
quanta beleza há em tudo que vc escreve!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Hana
obrigada pela poesia, pela visita e pela leitura. Vale muito!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Mai
que bom te ver aqui, e de certa forma, compartilhando comigo uma certa nostalgia....

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Oi Pérola
minha linda
coisa de gente complicada como eu.
Rsrsrs, beijão e obrigada por sua alegria

Pérola disse...

Obrigado gata pela visita.
Adorei.
Uma linda noite e um beijo grannnnnnnde.

BAR DO BARDO disse...

A viagem é sem fim. É isso - e não.

Graça Pereira disse...

Esta é a Nau de todos nós...As perguntas ao fim da noite, ás vezes sem resposta... a solidão que ficou de um amor que se deu...E o que fica?
A coragem para RECOMEÇAR.
Lindissimo poema, num espaço de magia.
Minha Querida, obrigada pelo teu carinho no Aniversário do Zambeziana e por teres trazido o selinho que eu fiz com todo o amor pensando em cada um de vós...
Um beijo amigo
Graça

Gerana Damulakis disse...

Gostei bastante, a leitura começa e segue no embalo, quase que sozinha, arrebatando.

betina moraes disse...

wal...

os ecos, ecos... as repetições que nos levam a outros significados.


quanto de eco temos dentro?

muito!

seu verso me fez chorar, emoção por ser tocada mesmo por ele

e

emoção pela beleza da construção.

as repetições, o eco dos mares, a nau, que lindo!!!

como eu te admiro! você é impressionante!

posso levar teu verso para o "redoma"?

é um site que criei (humildemente, claro) só para guardar os versos que mais me tocam aqui na rede. estou com dois guardados para por lá e gostaria muito de levar o seu (créditos etc, obviamente!), pode?

um beijo, minha querida!

Orlando & Crônicas disse...

Olá!
Teu blog é mesmo um céu aberto. Aberto para a vida, o mistério, a beleza.
Entrei nessa Nau e gostei.
Você merece meus parabéns!
Beijos.
Orlando - Santa Maria do Pará - PA

Lorena disse...

isto é tão belo

Tia Obesa disse...

maravilhosas palavras e verdadeira
o seu cantinho é um encanto meus parabéns
fique com Deus
bjs tia gorda

Thalita Souza disse...

A noite, sempre a noite para nos encantar,e encantar teu blog.
Adorável!

Cildemer disse...

"Não, não lhe pergunto do amor
Pois não encontrei espaço para voar"

Voar nas asas do amor! É tudo o que lhe desejo;)

***Beijinhos e boa semana*******

Barbara disse...

Naufragados todos.
Pois que, o amor, já veio morto prá nós em conceitos.
Qualquer tipo de amor.
Rota palavra.

Hotel Crônica disse...

fundamental é mesmo o amor
é impossível ser feliz sozinho

Sonhadora disse...

Minha querida
lindo poema, adorei.

Não, não lhe pergunto do amor
Pois não encontrei espaço para voar.
Tudo no amor é viagem – coragem?
O resto?
O resto não importa – morta .

Lindoooo

beijinhos
Sonhadora

EDUARDO POISL disse...

Estou feliz por ter completando as MIL postagem no blogger UMA PAGINA PARA DOIS.
Vim agradecer por você fazer parte dele com o seu carinho.

Abraços, te desejo uma linda semana

Nydia Bonetti disse...

Naveguei neste poema, Wal. Acho que o mais belo dos teus que já li. Talvez porque me veja nesta mesma (não) viagem. beijo.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Graça
gosto demais do teu blog. Que bom que vc veio aqui no meu céu. E de novo parabéns.
Quanto às perguntas do fim de noite, pois é, vc sabe do que estou falando. Acho que, no fundo, todos sabem.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Henrique
é isso, e não.
Nossa eterna contradição.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Nydia
quando o viajante reconhece o caminho, então a estrada fica menos perigosa. Obrigada por tua leitura e comentário, vc sabe o quanto te admiro.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Eduardo!
puxa, parabéns! Vou lá comemorar!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Hotel Crônica
é mesmo o amor! Veleu tua alegria. Coisa de apaixonado heim!


Cildemer
Ah Cildemer....Deus te ouça! Obrigada demais!


Lorena
Belo é ter amigos, é ter gente assim, como vc, disposta a um elogio. Obrigada!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Thalita
encantamentos, noites, amigos.... e tua graça em me elogiar. Obrigada!


Sonhadora
ai que bom que vc gostou, leu e comentou. Gosto quando vc vem me ver. Obrigada sempre.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gerana
suas críticas sempre me colocam nos trilhos, tentando perceber por onde devo enveredar meus sentimentos, sem engessá-los, deixando-os livres. Obrigada por estar aqui, de plantão!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Poxa Bárbara
isso aí! tento disfarçar, mas isso que sinto. esse amor ensinado, alardeado, não existe, já chegou morto e impossível. Na mosca minha bárbara.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

TIA.....
que bom que encontrou tua sobrinha! Entra TIAAAAAAAAAAAAAAAA!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Orlando
Como gosto quando alguém entra aqui pela primeira vez e já vai se acomodando, achando seu espaço, se aconchegando.....é tudo que quero.
Obrigada e volte sempre, pois agora vc fez um ninho aqui.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Betina
Vou te contratar de empresária e crítica. Não é a primeira vez que faço algo sem a mínima inteção, e vem vc, toda segura(e maravilinda) e explica minhas palavras. Aí eu olho assim de esguelha e penso: nossa, e não é que parece mesmo que eu fiz isso?

Mas o fato, é que quem disse que eu fiz foi vc. Eu só derrubei apressadamente e ansiosamente, palavras no papel. Depois passei pro micro, e postei, tudo num minuto. Pq eu sou assim. Tenho que fazer tudo rápido, senão perde a graça, senão enveredo por outros lugares.

Betina, fia, nega, vc faz o que quiser com tudo que é meu. Será uma honra vc me publicar, nem sei se mereço isso.

Mas sei que mereço as lágrimas, porque meu coração chora à noite, essa nau silenciosa que não divisa escuridão de sentimento. Mas agora te sei comigo!

Augusto Dias disse...

Meu Deus isso tão bom!!!
Gostei tanto que não sei explicar quanto.
Tudo de bom que puder ser que seja pra vocâ.
Abraço!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ai Augusto, que demais, nem sei o que dizer. Me pegou!

betina moraes disse...

querida,

obrigada pela autorização e emoção!

um beijo, dos maiores!

Chely disse...

Quero parabenizá-lo em seu blog, e pedimos desculpas por não falar o idioma, eu confio que eu uso o tradutor do Google para desfrutar escritos ts.
Obrigado ppor sua visita e comentários ...
Deixo meus beijos da Andaluzia
muakkkk
Chely

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Chely
não é a mesma coisa, mas a tradução capta a ideia, e a gente imagina o resto. Faço assim nos blogs como o teu, que me chamam pra seus contúdos.
Garande beijo


voltar pro céu