.

.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Impressões

..
Eu tenho tido impressões
As impressões são um mistério
Algo que ultrapassa a minha vontade
Ou o conhecimento.
Quando a gente sente alguma coisa
É sempre motivado
Ou mesmo
É uma vontade de acreditar.

A intuição
É como fazer força pra se lembrar
Lembrar de algo que nem foi
É gratuita.

Mas a impressão
É como se a gente ouvisse o próprio nome
Sabendo-se que não existe ninguém a nos chamar.

É como se a alma fosse um cimento molhado
A espera de um nome
Que se desenhasse
No momento exato da passagem
E ficasse
Eternamente gravado.

ilustração - Lawrence Alma Tadema
.

40 comentários:

betina moraes disse...

exce-lente obervação dizer que impressão é diferente de intuição, quase ninguém percebe! você é bem ligada ao redor.

juntando o detalhe da pintura de um artista tão especial ao seu poema eu diria que é um poema de total feminilidade, um sussurro do um momento de percepção (e tais momentos são tão especiais, tão delicados)feminino onde você é um ponto de encontro entre as realidades e as sutilezas.

eu adorei!

um beijo, grande.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ah Betina, com vc por perto me acho mesmo the best! Vou te contratar em tempo integral!

Não só porque vc me anima, me adula e me acarinha...não querida, tbm pq te gosto e pq vc sabe me ler, coisa que eu não sei.

A LENTE da sua observação, como sempre, avança todos os limites. Pouca gente pensa nessa diferença e, como não podia deixar de ser, vc Betina, pensa.

Ser um ponto de encontro entre realidades e sutilezas. Sabe, é nese mundo que gosto de viver. Nem sempre consigo, mas é nele.

Leonardo B. disse...

[a impressão, a impressão digital que se delineia nos nossos dedos, única, a expressa, a singular, a que sendo comum, nos distingue na identidade, no nosso lugar no mundo e no outro, das estrelas, é céu em aberto, na nossa própria mão: dez impressões digitais, nenhuma delas igual, pequena partícula do nosso grande mundo... a impressão condensa o tudo, quando o todo se quer escapar... a impressão é integra, é forma, é sopro de vida na palavra, é espírito da letra evocada! ah, a impressão, que tenho que deixar]

um dez cem meus abraços, Walkyria

Leonardo B.

Maria Bonfá disse...

que lindo poema.. sabe que vc me fez refletir? nunca havia pensado dessa forma.. a diferença entre intuição e impressão..e amei a foto. amo pintar e esse tipo de pintura me atrae muito.. parabens.. beijão

angela disse...

É bom ler escritos inteligentes sempre acrescentam facetas novas.
beijos

Mai disse...

Moldes em impressão, ficam em auto relevo. Enquanto isto, Intuo que este texto ficará em minha memória, Walkyria. A composição com a imagem ficou perfeita.

abraços

Augusto Dias disse...

Impressionante !!!
Você está realmente a flor da pele
ou eu sou tão insensível que nunca percebi essa diferença.
Beijão!!!

Gisa disse...

Oiee passei pra dar aquele "oi"... estava meio sumida mas acho que agora vou conseguir aparecer de vez enquando.

Amei o texto.
"alma como cimento molhado" nunca tinha pensado nisso rs

bjaaoo

MISCELÂNIA RIFF disse...

Eu tenho a impresão de q. vc. é nota mil.... Eu sempre venho aki... Adoro o seu Blog... e obrigada por ir ver minhas miscelanias de vez enquando... é um prazer te receber.... Olha hj vou ler tudo.. Incluse sobre este post da Farah Fawcet Majors... eu adorava ela e as Panteras.... Bjitos

Nydia Bonetti disse...

Que coisa Wal! Ando sentindo coisa parecida. Fiz até um poema. Não postei ainda porque não consigo dar um título pra ele. Impressão cairia como uma luva. :) Há um verso assim:

ouço vozes, sussuros, cantos
(alguém me chama)

vou ver se consigo terminar. beijooos

Lumena disse...

Olá,

Agradeço ter seguido o blog Amoralya.blogspot.com. Neste momento está inactivo.
Volte novamente para o novo blog: "lumynart.blogspot.com".

Grata.

Abraços,
Lumena

Manuel disse...

Li e fui obrigado a parar para reflectir.
Há algo que me deixa perturbado, pois nunca tinha pensado assim.
Magnifico.

Sonhadora disse...

Minha querida
Um lindo poema, para reflectir.

beijinhos
Sonhadora

Gerana Damulakis disse...

Percebeu e colocou em ótimos versos.

Gio disse...

Sempre gostei desse "inacabado" do Alma-tadema. As figuras só ainda esboçadas fazem-me lembrar uma fase do cubismo do Picasso, mas pintadas açgumas dezenas de anos antes do do espanhol.
Parabens pela qualidade do blog.
Abraço

Norberto Marques disse...

Oi Wall :)

Bom fim de semana :)

Beijo

Norberto

Hana disse...

adorei seu post assim como seu blog, já estou seguindo e vou vir sempre!
com muito carinho
Hana

umihoney disse...

It's a lovely poem..made me think..indeed a soul is like a wet cement..never thought of it that way..thank you for sharing my dear..the painting fits the poem..good article as always..beautiful and deep meaning.Take care my dear..hugs

Kamilla Barcelos disse...

Impressão, é como se fosse um sexto sentido, ou tb devido a muitas observações.
Mas, como David Hume dizia, as impressões precedem as ideias.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Leonardo
vc sempre indo além, como que me explicando onde as palavras me faltam. Tenho a impressão que poderíamos ser grandes amigos.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

MAria, pois é, tudo parece igual, e tudo parece diferente. Não sei, fico ness tricô mental. Obrigada querida...

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Angela
vc me encanta sempre


Norberto amigo,
adoro seus desjos sempre positivos para mim.


Sonhadora
e vamos refletindo né? Beijo e boa semana.

Hana, que bom, que bom que vc gostou. Volte sempre.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Mai
sua impressões e intuições sempre me afetam, e me fazem pensar um pouco mais. Obrigada por me ler.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Augusto
nada disso, é que sou vri-cri sabe, fico pegando no pé das pessoas, das coisas e até das palavras.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gerana
não tive como não perceber. Obrigada por sua leitura e grande beijo.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Umihoney
always so kind and understanding. I have the greatest joy to have you here my friend.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Kamilla do céu!
eu adoro o David Hume, posso dizer que ele foi o culpado de várias ideias surgirem na minha cabeça. Sério, que incrível.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gisa
me parece que a alma está sempre pronta pra captar algo do exterior. Ela capta, a gente não percebe. Deppois fica a quela sensação que perdemos algo. Venha sempre... vc é importante.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Nydia
não é a primeira vez que estamos na mesma sintonia....às vezes eu nem te conto, mas me admiro.
Acho que vc deve chamar o poema de impressões, pois são isso mesmo, impressões.....o som, o nome, a certeza que algo está acontecendo em algum mundo.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Manuel
como vc é gentil e como vc acredita no que eu falo....cuidado heim?....brincadeira!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gio
e eu sempre preferi Alma-Tadena a Picasso. Realmente as figuras inacabadas, como que fazendo parte umas das outras, me encantam e me fazem viajar nessa coisa toda de pertencer e não pertencer. Seja bem vindo, adorei seu comentário.

Sylvio de Alencar. disse...

a sensação da 'impressão', é 'engraçada' mesmo... Dá o que pensar.

Luciana disse...

Olá
Obrigada pela visita e seja sempre bem vinda.
Um excelente domingo.
Bjs
Lu

Blog do Mensageiro disse...

A impressão sugere um futuro imperfeito, externo, algo que pode ou nao pode ser. 'Tenho a impressão que...' - emiti um parecer. O intuitivo te pega mais no fundo, é visceral,e diferentemente da impressão sempre fala a sua língua... Bjo!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sylvio
é engraçada mesmo, parece cócegas!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Oi Luciana
bem vida!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

mensageiro
a impressão, para mim, transcende entendimento.

alice disse...

cada vez me encontro mais nas suas palavras :) um grande beijinho*

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Alice....
e eu nas tuas, sempre.
Outro beijinho

ju rigoni disse...

Noossa, Wall!
...essa "linha" poética que você traçou entre intuição e impressão. Em verdade, nunca as havia pensado, assim, dessa forma...

Amei esse poema. Bjs.


voltar pro céu