.

.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Sem medo de ser feliz

.
.
Olho as estrelas
Mapeando sonhos

Como um piloto na plataforma
Inquieto antes de decolar

E sei,
Com tudo que sou,

Que estou pronta pra esse voo.

(meda!)
.

16 comentários:

Leonardo B. disse...

[na cartografia interior, encontra-se a felicidade ou o seu contrário... mas o voo depende das peripécias das natureza, que faz cinza do nada, ou seca rios onde não há pontes para atravessar mares interiores]

um imenso abraço, Walkyria

Leonardo B.

* lembrou-me aquela canção, e agora tenho que procurar onde raio para o disco: "Sweet dreams are made of this
Who am I to disagree?
Travel the world and the seven seas
Everybody's looking for something..."!

Tânia regina Contreiras disse...

Wal, voe!!!!! Foi o que ocorreu-me dizer de imediato. Sem medos...

Abraços,
Tânia

Sonhadora disse...

Minha querida
Parte e vive...voa no vento.
Lindo teu poema.

Beijinhos
Sonhadora

Rafaela Bento disse...

o melhor foi a sinceridade no final..ha-ha! (meda!)

eu tenho medo de mais pra isso..rs!...pra esse voo...
;D

milu disse...

O teu poema mexeu comigo...me perturbou, e deixou inquieta...
" Com tudo que sei"..
Acho que não "estou pronta pra decolar...
Que conclusão mais séria a minha...Será????Bjs.

angela disse...

se esta pronta...vá, antes que os ventos fiquem desfavoraveis e seja feliz.
beijos

Patrícia Gonçalves disse...

Vôo autorizado pela torre!

Mai disse...

A confiança é uma senhora destemida, que morde o medo e voa acom ele, té o infinito.
O poema é belo, e a confissão de rodapé é a mais humana.

Confie!
(quem tem terminação intestinal, tem medo)

"honstryh"
A PV tá abusando do meu ingles
voltarei para ler a sua tradução.

beijos

Phivos Nicolaides disse...

Oi amiga. Belas palavras. Bjs.

sam rock disse...

Volar no es sólo patrimonio de las aves, insectos o aviones. Aunque sin alas, todas la gente en algún o en muchos momentos se sienten por encima de las cosas y situaciones, así tienen una mejor perspectiva de lo que les rodea.

Un abrazo

betina moraes disse...

m
a
r
a
v
i
l
h
o
s
o
!

um voo confirmado pela força da asa que voce tem!

um beijo do tamanho do mundo para você, irmã.

Gerana Damulakis disse...

Garanto que é bom, pode voar.
Lembra que já escrevi aqui que, às vezes, ou muda, ou muda. Outra opção: Não há.
Sempre a favor de mudar, voar.

Carol Morais disse...

Viu?! Uma verdadeira fada!

"Que estou pronta pra esse voo."

As vezes a vida faz isso com a gente. Mexe, remexe...tentamos mapear estrelas...mas estrelas ão corpos mortos no espaço. Elas só brilham porque morreram. É tão contraditório, mas ao mesmo tempo tão belo...Precisamos morrer para brilhar. É quando deixamos de lado o egoísmo e, principalmente o medo de voar!

Beijos

Le Vautour disse...

Hm... enquanto vautour, entendo um pouco de voo hehehehehe
Se se sente (o parequema, aqui, foi propositado) preparada para alçar voo(s), por que não? Abra as asas e mande ver! Isso é magnífico, como são magníficos os seus versos.
Abração voador!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gentefina,
um dia voo,
outro pego barco....
a vida aqui tá uma gincana!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Milu....vou lá te ver e te responder tudo!


voltar pro céu