.

.

domingo, 2 de maio de 2010

Caim, Nero e Calígula, são fichinhas

.



Há muito tento desvendar o mistério das palavras ditas para outro alguém.

O por que de mesmas palavras causarem reações tão adversas, dependendo do indivíduo que as escuta.

Sendo eu, pessoa acostumada às palavras de baixo calão, calinho e encravamento, apesar dos esforços de minha mãe e avó, mineiras tradicionais, descendente de prussianos, aderi quase que instantaneamente ao padrão de meu pai, dono de palavras que enchiam a boca, emolduradas por seus olhos persas, que meus olhos infantis ficavam pra lá de encantados.

Em sendo assim, tive, ao longo de minha vida, várias experiências na profissão de xingar, ofender, rebaixar e tripudiar com palavras, fossem elas de baixo calão, herança do clã Suleiman, ou fossem elas herança da estirpe Rennó. Porque essa estirpe ensinou-me, palavras de alto valor proteico, além de insuperável modo de ofender com palavras phinas, quando não, incompreensivas para o pobre adversário, normalmente menos letrado.

É gentefina, a gente aprende cada coisa.....

Mas enfim, voltando ao tema, hoje ao acordar percebi que tem uma categoria de gente, que sabe tudo da gente. Sabe ler sobrancelha, canto de boca, gesto de mão, pés e outras partes, que nem menciono, logo eu, cercada de homens por todos os lados numa parte da minha hereditariedade. Tem limite o que se posta aqui. Mas se não houver, me falem, eu escracho na próxima e dou nome às partes dos bois.

Mas então, eles sabem tudo, mesmo aquilo que você tá em vias de destruir como hábito, como padrão. Você faz um esforço sobre-humano, e mesmo assim, eles percebem o que você nem fez no real, mas fez na alma.

Sabe por que, gentefina?

Porque eles estão dentro de você.

Além de terem convivido com você a vida toda, estudado na mesma cartilha, ainda, pasmem, estão dentro de você com poder de antecipação, previsão e 100% de média de acerto.

Eles são do seu sangue. Repito, eles são, estão, compartilham o mesmo sangue que corre nas tuas veias e assola seus sentimentos! Carne da tua carne, sangue do teu sangue.....

Tem coisa mais bizarra que essa?

Vampiros interiores....
e silencio presa no medo de que eles saibam tudo e sempre de mim! Não tenho poder de desligar esse reality show macabro, ou divino, porque não sei quem criou esse sistema. E não vou mais fundo do que isso, sob pena de ver ruir todos os meus princípios.

A título de curiosidade, quase uma PV(vc não acompanha o blog, sorry)
minha avó dizia, “Apoie-se sempre em seus princípios. Um dia eles cederão”.

A conclusão é que, para ofender alguém, de verdade mesmo, tem que ter consanguinidade.

ceuAberto adverte:
Única excessão extravagante para seres antagônicos, que por livre vontade se unem para gerar uma criatura que possua partes iguais dos respectivos tipos sanguíneos, criatura essa que irá perpetuar a paródia do ser humano, CQD.

NOTA:
Em certas religiões, essa união reza que, a mesma união vale apenas "até que a morte os separe". Porque gentefina, pelo menos depois da morte, a gente tem que se livrar dessas escolhas do livre arbítrio..... esse fanfarrão ensandecido!

ilustração: The_blood_is_fashion_by_SimplismenteMari
.

48 comentários:

betina moraes disse...

wal...

eu fico aqui imaginando com meus botões (de madrepérola, claro, olimpo que é olimpo tem botões especiais para ouvir pensamentos) de onde você tira tanta facilidade de escrever. é uma escrita tão torrencial que merecia uma coluna diária em um grande jornal! e as ideias que te ocorrem, de onde elas escapam? você sonha com elas, pega a coisa no ar? como é que é? eu fico besta e mais besta ainda eu fico por ser seguidora rastejante das tuas palavras. vou acabar o almoço, depois eu volto. que texto legal!

um beijo mana.

PV: reess

nome de banda inglesa de rock alternativo.

Ana Estelita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Estelita disse...

Sou a mãe da Carol Morais, do blog Desmondier. Estou começando nesse negócio de Blog. Adorei o seu.
Um beijo!

Sarah Slowaska disse...

Isso me fez lembrar eu e o meu irmão. Ele é mais velho, este ano faço 22 e ele 26. Eu sou capaz de adivinhar o exacto momento em que ele dirá algo. Sei quando ele está pensando em algo engraçado, quando irá criticar alguma coisa...
Sei tudo isso através das mudanças da sua respiração, e claro, das expressões faciais que, por vezes, são mínimas e mais ninguém repara além de mim.
Ele acha engraçado e ao mesmo tempo sente-se intrigado, pois ao contrário já não funciona tão bem assim.
Serei eu o seu vampiro interior? Só faltava mais esta! Hahaha

Beijos noiva, bom domingo :*

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Calma Sarah....um dia vc vai lembrar disso que eu escrevi aqui.....por enquanto vc está na idade que pensa que é imortal, que é mesmo, mas tem vários significados para imortalidade.

Mas cuidado...tem gente que te conhece mais do que vc imagina, e a grande arma do demônio, aliás é uma citação, é a nossa descrença.

Bom, falei demais, mas como vc é minha futura esposa, não posso ter segredos.

Sua diabinha!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ana Estelita

já chegou esnobando a galera, com nome de estrela e tudo o mais.
Bem vinda, a casa já era tua!

Olha, eu amo a carol! Ela lê tudinho antes de comentar. É uma coisa que todo blogueiro tem que aprender.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Betina
eu nem comecei o almoço...


Betina, olha eu sonhei com essa frase... acordei com ela na boca.

Corri e escrevi, pq esqueço. Eu quase sempre acordo com uma frase. Eu acho que a trago dos mundos espirituais, nos quais penetro quando não esou irada, ou puta, ou bêbada, ou dopada. Vc vê que é quase nunca....hahahahahahahha.

Mas querida....bem que eu queria escrever sempre. Eu penso sempre, mas muiras vezes não consigo vencer a paralizia.

E vc.... tem trazido movimento pra esssa artrose. Sério!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

BETINA

agora aguenta....
hahahaha
invoco Saint Exuperie

já fui misse
misjapão
misculacha
misegura
misquece

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

betina
botão de madrepérola
ai que exibida maravilhosa
que phina
sorella
vc é grife pura!

Leonardo B. disse...

[não vou jurar, até porque bastava um sorriso para mudar de ideias... mas se tivesse uma loja de porcelanas, não a iria deixar entrar, minha amiga, ah isso não! Antes elefante a falar francês... mesmo!

Mas como sou carne, osso e essas tralhas que ser humano traz às costas, o que deixo mesmo é]

um imenso abraço, Walkyria

Leonardo B.

Blog do Mensageiro disse...

Wal, tentei ler seu texto até o fim, mas me desconcentrei a partir do 'alto valor proteico', já que acabei de postar o 'tempo de refletir' onde menciono 'baixo valor proteico'. Que negocio maluco é esse? Exilio acabou, tô de vorta!

Ludmila Ferreira disse...

Fiquei feliz em saber que te inspireii... =)

Concordo plenamente com o que a Betina dissee....

Participar do seu blog é fascinante, por que.. aqui encontro inspiração além de verdades e pensamentos que se revelam com grande entusiasmo pra mim...

=)

beeeijOdalua!

Mulher na Polícia disse...

Walkiria...

Vc deveria trabalhar na polícia só para fazer interrogatório.

kkkkkkkk

Poderes mágicos, beijo!

Sylvio de Alencar. disse...

Hummm, Mulher na Polícia aqui...!

Bem, sua vó: sábia!:
“Apoie-se sempre em seus princípios. Um dia eles cederão”.

Le Vautour disse...

Arre, só li, quietinho, de asas fechadas e bico idem.
Abraço sem braços e sem asas, hoje...
Tudo de bom!

Andrea Galvez disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andrea Galvez disse...

Céus!

To aqui li e reli, e hei de concordar co a Betina!Tua mente flui!

Para mim, cá entre nós, teu blog já é a minha coluna diária.:)

Beijocas queridona!

Bom início de semana pra ti.


P.S: fui lá no blog que indicou no coments...bom demais...to lá..:)

Pérola disse...

Boa noite Val.
Como vc está menina!!!
Saudades de tu.
Amei a sua postagem,é tão perfeita q as vezes nem sei o q dizer.
Fala sério menina tua habilidade de lidar com as palvras é fantástica.
Parabéns pelo talento.
Beijokas.

Senhor da Vida disse...

Agradeço a sua visita, e a torre sempre ilumina nosso caminho, de forma um tanto brusca, mas sempre eficaz, e isso e motivo de estarmos aqui nesse lugar, vendo o céu aberto e achando maara.

Nydia Bonetti disse...

wal

estava lendo aqui do seu lado direito e preciso dizer uma coisa:
bordadeira de mão cheia, você, mulher. estas suas "letrinhas" brilham feito estrelas, neste céu escancarado. a betina tem razão - uma coluna sua num jornal, sem dúvida seria um sucesso - suas sacadas, seu humor e a perfeição dos textos é coisa rara - raríssima. beijooos

Gerana Damulakis disse...

betina: Wal usa o fluxo da consciência. Fica bom, o texto flui.

Wal: eu daria os tais nomes aos tais bois...

Tânia regina Contreiras disse...

Ah, li o texto e os comentários todinhos, que adoro ler os comentários também. Você de fato não escreve, você jorra, só tem que ensinar mesmo. E nos diverte também muito, coisa boa isso.

Abração

betina moraes disse...

gerana,

eu gosto também do resultado!

:)obrigada.

gostou wal? usando seu céu aberto para mandar recados via satélite para a gerana rs,

não vá apelar para as defesas aéreas com seus caças F-5, céu aberto é assim mesmo, não tem privacidade!

Kamilla Barcelos disse...

Eu ainda fico me perguntando o porquê das mesmas palavras causarem reações tão adversas.

Interessantíssimo o seu texto.

Projeto Senzala Brasil disse...

Lindas ideias!

Lau Baptista disse...

Que delícia a sua definição para o Livre Arbítrio, este fanfarrão ensandecido.
Pefeito minha amiga!
E, tem muita gente achando que é o maximo ter este tla de Livre Arbítrio.
Muito bom o texto e valeria uma coluna diária num jornalzão, como sugeri a Betina.
Beijos para todas,......
Lau

Carol Morais disse...

Minha querida Wal, recuso-me a fazer comentários hoje em teu blog. Visite o meu, por favor. Você precisa ler meu último post. Obrigada!

Carol Morais disse...

Olha a mamãe aquii!!! kkk Adoreii! =)
Estamos formando um fã-clube!!
beijos
;*

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Leonardo
me chamou de elefante?
Hum.... mas sou mesmo. Linda essa metáfora com a porcelana. Ah, vc é mesmo o meu poeta.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

André
deixa ter uma tempo, vou lá ver essa sincronicidade no espelho.
Que bom que vc tá de volta, meu trovão, raoi e furacão.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ludmila
nada, mas nada mesmo se compara a essas explosões do espírito. Só quem é sábio pode ver e sentir isso. Pq não passa pela mente!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Mulher na polícia
sabe que meus filhos e amigos dizem isso? Tenho um fetiche por farda. Assito a todos os seriados policiais. Na verdade.....acho que eu queria ser policial, pelo menos em hollywood.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sylvio....joga fora o calendário....

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Le Vautour
abraço de alma sofrida. Posso sentir. Ainda bem que não dura muito, pq logo falamos uma bestrira qualquer. Besteira, o maná da vida!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Andrea
será que algum dia, vc vai ter a extensão de tudo que faz por meu coração?

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Pérola
não pensa nada não....continua a minha jóia linda, e viva a sua vida com alegria.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Senhor da Vida,
sempre me calentando onde esmoreço! No ceuAberto, vc é minha estrela da sorte.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Nydia
andei preocupada com vc, mas não tenho intimidade pra te infernizar....então me contive.

Obrigada por tuas palavras, te acho a mestra por aqui. Minha poetisa predileta, certeira, econômica e com o tabto certo de melancolia.

Obrigada de verdade.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gerana
phina, elegante, magrela, minha Dama no céu. Darei os nomes aos bois.
Achei demais a sacada da consciência. Só escrevo assim, de chofre, de roldão, no ato, sem revisão.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Tânia
eu não jorro, eu vomito.

Que bom que vc não tem nojo de gente como eu...rsrsrsr.

Tânia, vc tem toda razão. Eu acho que os comentários são o máximo, a nata, creme de la creme.

Pelo comentário se conhece o blogueiro.

E eu já te conheço! Vc é demais, imprescindível!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

BEsTINA
kakakaka, eu tenho caça f-DEU, conhece?

recados eu adoro, me vejo no meio de gente espirituosa, cheia de vida...isso pra mim é viver!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Kamilla
vamos ficar perguntando isso ad eternun

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Priojeto Senzala
obrigada e bem vinda

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Lau
a Betina faz o maior sucesso no meu blog.....na verdade ela ´pe uma contratada, pra angariar seguidores. Ela cobra barato, mas agora está full time no céu.
Sorry

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carol, minha fada
demorei pra entrar no teu blog, desculpe, imagino tua ansiedade. Se fosse comigo, eu estaria em sonoterapia agora. Mas acredite, não pude mesmo. De verdade. Mas amei, amei...vc me perdoou?

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carol
e que clã!

Nydia Bonetti disse...

Ah... Wal, minha dose de melancolia anda alta demais, então pra não contaminar o astral geral, dei uma afastadinha básica. Mas já, já "tô" voltando. Eu é que agradeço pelo carinho. beijo.

OBS: Pode apagar depois de ler, se preferir, tá?

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Nydia
não dá pra explicar muito bem, mas dá pra entender. Eu senti vc, e sabia que tinha esse luto aí. Fiquei querendo estar perto. Pq, na verdade, não há muito o que fazer nessas horas. Apenas dar tempo ao tempo.

agradeço sua resposta.... sei que não é fácil responder nada nesses tempos.


voltar pro céu