.

.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Corpo e espírito - ou, onde foi mesmo que passei a minha vida?

.

Dizem os entendidos em sono, que a gente passa 1/3 da vida, dormindo. Se eu resolver acreditar nessa hipótese científica - atualmente considerada verdadeira, por experiências, observações e estatísticas das mais diversas -, fico pensando então, no que consiste os outros 2/3 da minha vida.

Dias destes, dentro do lugar onde seguramente passei o outro 1/3 da minha vida, eu exclamei alto um pensamento, tipo pro Daniel, meu filho, escutar.

Mas antes da exclamação, devo explicar uma de minhas gagues predileta.

Meus amigos sabem que, quando não concordo com algo, eu digo que “se eleita” isso vai mudar. Cito por exemplo, uma promessa que eu fazia sempre que via aqueles meninos que dão cadeia pra mulheres como eu, andando sem camisa na rua. Se eu for eleita, esses meninos não podem mais exibir impunemente sua gostosura, juventude, torsos suados e bronzeados assim. Afinal, deixa a gente louca, impossibilitada de dirigir bem, de andar sem ficar tonta, e de viver o resto do dia sem aquela, digamos, volúpia infernal.

Se eleita, também não permitiria que salva-vidas e bombeiros ficassem andando por aí de sunga ou de farda de bombeiro. De novo, eu me acabo ao ver um ser assim, inacessível, no absoluto cumprimento de seu dever, que realmente não é me dar bola, porque eu não sou a Luma de Oliveira e nem uma emergente milionária, nascida das leis do divórcio.

Explicada então essa gague, eu disse: - Se eu for eleita, todo ser humano vai nascer com um elfo doméstico, gnomo, gremlin, kiko marinho, um ser Elemental, ou seja lá o raio que for, incumbido apenas de plantar, cuidar, colher, preparar e servir a comida que a gente precisa pra viver.

O peste do Daniel, sentado no balcão, olhando eu preparar a comida dele, disse:
- Ah mãe, eu não votaria em você.

Bom, pasmei. Como que, aquela criatura que, não sabe cozinhar um ovo, ferver uma água, ou cortar um tomate, podia dizer aquilo? Como que alguém, que acha complicado comer uma maçã ou cortar um pedaço de melão, e opta pela uva sem caroço como alimento básico - já que ela não deixa vestígio algum, e nem suja prato -, podia fazer a desfaçatez de não votar em mim?

Mas ele explicou: - Mãe eu não votaria em você, porque eu já nasci com uma elfa doméstica dessas.... você.

Bem, isso nos remete diretamente ao mot do post.

Acho que 1/3 da minha vida passei dormindo, outro 1/3 na cozinha, e o outro trabalhando pra poder, finalmente, estar na cozinha fazendo meu papel de mãe, digo, elfa doméstica de filho e marido.

Mas sei lá, mesmo que eu não fosse um gnoma pessoal de filho, eu acho bem chato isso de ter de comer, dormir, descansar... sei lá, apesar de meu corpo ser infinitamente mais presente e esperto que meu espírito, ele me atrapalha o espírito. Ou seja; meu corpo sente, tá ligadão em tudo, escuta, difere, tem conexões com sensores de temperatura, luz, posicionamento, profundidade, o corpo gente, é um cinema 3D ao vivo.

Eu não preciso dizer pra ele fazer a digestão, nem pro meu coração bater etc e tal. Quando gosto de algo, automaticamente meu corpo sabe..... quando desgosto, ele reage no ato. O corpo é mesmo uma obra de arte.

Já o meu espírito, bem, há gente até que duvide da existência do espírito. Fala, como posso dar crédito a algo que nem sei bem como é, que não se manifesta direto e reto, que passa a vida escondido em alguma célula do meu corpo, ou sabe-se lá onde.

Não bastasse tudo isso, quando ele dá o ar da graça, vira um insight, e depois, no dia-a-dia, eu não sei bem como encaixar aquela sabedoria, muito da sabida, mas inútil.

Tá, tô exagerando, eu sei.

Mas olha. O bom do espírito, é que ele não tem que fazer comida, nem pra ele nem pra ninguém. O corpo, todo sabidinho e auto-suficiente como ele é, tem que ser bem cuidado, gerado, massageado, nutrido, dormido, comido, que ninguém é de ferro, e outras mumunhas mais que vocês todos têm corpo e sabem o trabalho que ele dá.

Sem mencionarmos os encostos..... aqueles que fazem a gente falar, dizer e agir sob influência de outros espíritos, que por sua vez já tiveram um corpo e estão como que perdidos em algum lugar entre a vida e a morte. A saber, antepassados, exus, almas penadas, encarnações passadas, dementadores.... De novo, também nesse campo, são muitas as hipóteses. Você escolhe a que mais lhe convier, lógico.

E o espírito? Tá, tô enrolando né, tô mesmo, porque não sei essa resposta.
Mas sei que sei quando meu espírito aparece.

São momentos que me fazem acreditar, ver algo que esses olhos aqui nunca sonharam ver. Sentir um gosto que essa boca, jamais sentirá. E daí pra frente que creio que já vendi meu peixe.

Quando eu era pequena, minha avó dizia: fulana é espirituosa....
Depois, através da antroposofia aprendi, que pessoas assim, são aquelas que manifestam o espírito na vida cotidiana. Hoje em dia nem se usa mais essa expressão. Mas eu sei, eu sinto quando estou diante de alguém espirituosa. Seja na vida, na NET, ou numa casinha de sapé.

O espírito manifestado muda tudo.

Bom, chega né, que dei uma embolada geral. Mas isso que dá ficar dias sem escrever. Desde domingo. Acumula lixo!
.

25 comentários:

..bee.. disse...

Ahhh Wal! eu voto em você, viu?? Super acho que bombeiro e salva-vidas são um perigo!! hauhauhauhauh...

Acredito que as coisas não acontecem por acaso, cara, sempre acreditei.. aliás, sou uma daquelas bobas que acredita em tudo. Adorei ter vindo aqui no seu blog hoje e ter esse papo de espírito e talz. Acho que a maioria de nós mulheres sabe bem quando ele se manifesta, só que o chamamos de intuição.. ^^

E eu to naquela fase de ser elfa doméstica de mãe, porque ela trabalha tanto durante os dias de semana, que chega fim de semana dá até pena de pedir pra ela cozinhar.. Com isso, até ela acha que já nem sabe fazer arroz.. hehehehe...

Gerana Damulakis disse...

Céus!
Não sei, não tenho como comentar, me acho tão ignorante nas questões espirituais. Mas queria acreditar, é confortável.

Riff disse...

Caraca.... espetacular... passei mal de tanto ri e ao mesmo tempo me enquadrei nas suas pelejas diárias..Ouuuu dor, nós mulheres sofremos horrores né... Mais tudo bem, o consolo são nosso olhos, que estão vivo e no estilo de escoteiras " Sempre Alertas ". Muitoooo muitoooo ótimo meRmo... Bjitos lindona. Qto a este protótipo de bombeiro... depois te conto onde ele malha diariamente tá?? Só no seu pe de ouvido.kkkkk

Carolina Caetano disse...

Walkyria, o seu filho é muito bobo! Aliás, estava lendo uma novela de Guimarães Rosa e, num momento ele dizia de outro "ele se reveste de bobo". Bom demais isso! E o seu filho me pareceu desses bobos revestidos que dissertam sobre cantinhos de azulejos com toda propriedade! Adorei! E a justificativa dele foi sensacional! Hehe.
Agora, você, com essa história de espírito e encosto. Sabe que, de uma vez por todas, ou o espírito nos atrapalha a dirigir, ou nos atrapalham os descamisados/descamisadas! Não pode dar atenção a tudo, menina, não pode!

Daniel Hiver disse...

Nada a declarar a respeito dos salva-vidas andando de sunga ou dos bombeiros de farda. rsrrsrs
Só sei que eu dormi mais ou menos um terço da minha vida. É verdade! Trabalhei outro terço. Também é verdade. E tudo mais que fiz, deixei de fazer, quase fiz, ou sei lá o que, ficou para o terço restante. Neste terço erros e acertos. Coisas geniais e completamente imbecis. Centenas de poemas na memória e milhares na lixeira. Sorrisos e lágrimas. Empregado e desempregado. E posso dizer que ainda sobrou tempo, por que se se dorme oito horas e se trabalha mais oito horas por dia, ainda sobra outras oito horas e oito horas é mesmo muito tempo. Lá pela sexta hora eu já estou com vontade de ir dormir de novo mais oito horas. rsrsrsrs

Beatriz disse...

essa vó era a mesma que dizia "bens a deus"? pq se for, to começando a achar que vc, pourbinho, nunca entendeu o que ela queria dizer...de todo modo, benza deus esse seu manacial de palavras, imagens e opiniões que se encadeiam em uma lógica própria e que adoro tentar seguir, nos poucos minutos que sobram do 1/3 que falta pra ser preenchido.
saudade, né elfabinho.

Gilson disse...

Não embolou não, a vida é isso mesmo, só não voto em você...rs..rs....
Deixa todo mundo andar pelado, deixa a gente dormir pouco e vamos como vc disse aproveitar nossa espiritualização e o resto todo também porque ninguém é de ferro...rs.rs....
Bjs minha linda

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Vou dizer, entrei em tudo que é blog que eu gosto, tirei a manhã pra isso. Só consegui postar no bardo, na betina e no gilson, quer dizer, acho que consegui.

Esse mozilla tá uma merda, ou serei eu, ou será um com plô contra meu blog.

Ah....será que entrou o da carol, e o da laura bonitona?

Gerana, mai...

putaqueo pariu

Sarah Slowaska disse...

Huahuahauhauhauhauhuahuaha adorei o teu filho, sou que nem ele, prefiro as frutas que não sujam o prato. Detesto ter que descascar, perco logo a vontade de comer.
Quanto ao espírito, acho que ele é bem mais velho do que o meu corpo. Acho não, tenho a certeza. Senão, de onde viria todo este cansaço que sinto? Ora pois..

"gnoma pessoal do filho" foi maaaraaa! hahahahaha

beijos noiva!

Rafaela Bento disse...

Corpo e espirito?! q complexo isso!...ha-ha!..o corpo pode até ser cheio de "frescurinhas" mas pelo menos é mais facil de entender...o espirito..vixiiiii mariaaaaaa! ..ha-ha!

betina moraes disse...

wal,

o texto é uma graça! em partes:

"se eu fosse eleita" é uma gague e tanto e por pura bricadeira do destino, para provar que somos a mesma pessoa, é uma gague que uso com frequência! não com a sua plataforma revolucionária, mas com propostas do tipo retirar as pedrinha portuguesas do centro do rio por causa do salto fino do meu sapato entrando dentro de cada espaço miserável que existe entre uma e outra, proibir pessoas de escutarem seus "iPhode", mp3-4-5-6 e radinhos de pilha tão alto que ferem meus delicados ouvidos nas conduções coletivas ou ainda baixar o cacete nos carros de som com seus efeitos dilacerantes quando estou dormindo profundamente no dia sagrado de domingo...

outra coisa é o daniel, concordo com a carolina-amada, ele deve ser um cara muito especial!

dormir é a segunda coisa que mais gosto de fazer, a primeira é aquilo mesmo que você imaginou.



quando bem escrito um texto proporciona sorrisos e lágrimas. seus textos tem sido cheios mensagens verdadeiras e muita cumplicidade com os leitores, de forma a nos cativar e motivar ao comentário.


você é ótima cronista!

quanto ao pau no seu blog eu já te respondi lá no animal social, acho que aconteceu o mesmo que aconteceu comigo, no mês passado.

um beijo, amada minha.

PV: sapso

tradução: tecla sap para impedir lapso em programa de TV.

Le Vautour disse...

Ah, Walkyria. Pô, que difícil! A parte dos elfos, gnomos, mães-fadas, etc., acho que seu filho está absolutamente certo. É "The Tempest", de Shakespeare, n'est pas? Chacun à sa façon, il faut vivre, je pense.
Quanto à parte do Espírito, aí vai uma visão minha, como se fosse imagem enantiomorfa da sua. Creio sejamos nós os espíritos. Eu, o Vautour, sou o espírito e uso este corpinho feio para me manifestar aqui. Você, a Walkyria, é espírito, e usa seu corpo (esplêndido) para manifestar a inteligência enorme aqui. O corpo vai, o espírito, ou melhor, nós, a essência, nós ficamos. Em que plano? Seríamos incriados, como diz a Baghavad Gita? Ou teríamos sido criados um dia, como se infere, e.g., do Livre des Esprits, coördenado por M. Allan Kardec (HLDRivail), compilado de mensagens mediúnicas de cerca de 1000 médiuns around the world? Difícil, não? São tantas teorias.
Aqui, todavia, espirituosa é você, e sempre. Se houver reëncarnação, v. não quer fazer uma forcinha pra gente se encontrar, não? Hehehehehehe

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

bom....vou ter que responder a algumas coisas....não aguento...mas hoje não vai dar.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Bee,
mimha querida, sabia que vc era um elfa doméstica, eu sabia...por isso nos encontramos...kakakaka.
Mas sua mãe é espertinha né?

paciência e amor! é a melhor refeição

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gerana
esse post fez nascer as outras perguntas....

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Menina Riff
pode ir contando tudo!

Olha, rio muito com vc, leio bem rápido, pq acho que é assim que vc fala.
Linda, rápida e mágica!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carolina
meu filho não é bobo não, é besta mesmo.

Ariano, metódico, mas tem um espírito especial. Desde pequeno se dá com gente mais velha.... ou criancinhas que adoram ele.

Mas tá bom, no sentido bobístico da coisa...ele bobo mesmo.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Daaniel

responde com essa prosa maravilhosa.
Sabe, quando penso bem , imagino aqui dentro que na verdade, o dia tem mais que 24 horas....assim como vc disse.
A vida é tão rara...aquela música me veio à cabeça.

Que bom saber isso de vc.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Beatriz, véi querida.

Levo um susto quando um amigo meu de carne e pescoço comenta. Acho que vcs estão tão cansados de me aguentar ao vivo, que passam batido.

Véi....acompanha, purbinha do meu coração!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gilson
faz mal não.... eu nem vou me candidatar, na verdade...hahahahaha.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sarah, vc é uma típica filha que mora com mamis......

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Rafaela
eu acho mais fácil entender o corpo. Eu tenho uma grande consciência corporal....e nenhuma espiritual...sério.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Betiníssima

até nossas gagues são hereditárias...hehehe, a gente é da mesma linha espiritual....vcx sabe...vc sabe...

Bueno, esse post me fez saber que vc usa salto fino, sais e vestidos...hum.... ok, ninguém é perfeita mesmo.

Adoro dormir, [e a primeira e a segunda coisa que mais gosto....hahahaha
pervertida!

sapso...vc tá de brincadeir....foi demais.
Ri no e.mail, ri aqui e rio de novo agora.
Betina....demais, damais essa!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

LV
nooooooooossa, eu penso a mesma coisa, incrível...eu acho que tenho que cuidar dessa Walkyria aqui, e acho que ninguém sabe meu nome espiritual, nem ela.....ah, muita coisa pra dizer, muita coisa....acho que vamos ter que nos encontrar...

(espertinha)

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

LV
oba, hoje começa seu tour!


voltar pro céu