.

.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Presente da Alice, uma maravilha particular

.

Quem gosta do Vai que é blog, sabe que fiquei apaixonada pela Alice Macedo Campos, do Blog Tradução da Memória.

Há um tempo atrás, ela contou que iria publicar um livro. Nossa, fiquei louquinha pra ter um. Tudo bem que ele teria que atravessar o Atlântico, mas não seria a primeira vez que um Português faz isso, e com sucesso.

Imagina gentefina, que quando eu disse à Alice que queria o livro dela, ela, mais que depressa disse que seria um presente. Meu Deus, eu devo ter feito muita coisa boa nas outras vidas pra merecer tanta amizade e carinho.

Aqui tá o livro dela, com o poema que me cativou, ano passado, que está no livro, que tem o sugestivo nome de "Um cão em cada dedo".

Aliás, deixa eu dizer que é o segundo livro que ganho, o primeiro foi da Laura H, a bonitona que era encalhada, mas agora é só bonitona, desencalhou e mora nas europas. O livro da Laura, é meu livro de cabeceira... desde então.

Aqui, uma deixa do livro da Alice, e ao lado eu, a feliz contemplada, com o livro na mão.

"a minha filha tem na boca o sol de inverno.
quando diz alguma palavra, é como se murmurasse
à sombra de uma qualquer alegria prematura.
o que queres ser quando fores grande? costumo
perguntar-lhe. quero vender o sol, deitar-me
com vários homens e ter um nome, diz-me ela.
tu já tens um nome, digo eu. quero ter outro.
podias ser a menina que vendia o sol, sugiro eu.
a minha filha ri-se com a boca toda, os olhos
ainda repletos de infância, um brinquedo apertado
nas mãos. nada há mais puro do que um sonho de
criança, penso, e, ainda assim, tenciono matá-la."

Obrigada Alice, você nunca vai imaginar a alegria que me deu, hoje, nessa segunda-feira fria e cinzenta. Você foi a luz do meu dia!
.

11 comentários:

alice disse...

até que enfim! :)

você é muito simpática por ter feito essa foto e esse post :)

não era preciso... mas adorei!

obrigada, wall. um beijinho grande.

alice disse...

acabei de publicar o seu comentário!!! deve ser uma intuição atlântica esta de estarmos no blog uma da outra ao mesmo tempo :) obrigada!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Alice...não acredito.....olha só, ao mesmo tempo....é a nossa intuição de mesma raça.....iberos-americanos....
obrigada minha querida....amei o livro.

betina moraes disse...

wal...

que coisa mais bacana!

eu não fui ao blog dela, mas vou correndo lá, já!


que poeta maravilhosa!

e que beleza a foto com o livro.

um beijo!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Vai puxa saca!

Menina, tá difícil segurar o Olimpo que mora em mim!

Tânia regina Contreiras disse...

Pelos versos postados, Wal, adivinho a beleza do presente inteiro. E se ganhou, merece. E se dividiu com a gente, merecemos nosso quinhão! rsr

Vou lá, sim ver se encontro mais dessas pérolas.
Beijo,
Tania

Laura H disse...

Wal. Entrei aqui (como sempre entro) e li primeiro o post das jabuticabas, que achei que era o "meu". Depois li esse. Amei-os ambos. Obrigada. Obrigada. Obrigada.

Gerana Damulakis disse...

Deve ser bom demais. Irei conhecer com calma. Há um poema no Leitora de Manuel Anastácio, poeta que adoro, lá de Portugal, conheci na blogosfera. Há outra: Ana, do Rara Avis, ótima poeta lá de Portugal.
A poesia mora em Portugal.

Isso de "estarmos ao mesmo tempo" também acontece com a gente, né Wal?

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Tânia
vai mesmo pq ela é demais. essa portuguesada me dá orgulho de descender.

E Tânia, adoro teu jeito!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Laura
querida
todos os posts têm um pouco de vc....
Dividimos um sonho e vc sabe!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gerana
isso de estarmos ao mesmo tempo, não é nada. O interessante é que estamos ao mesmo tempo, uma no blog da outra. Só com vc acontece....e várias vezes. E agora com a Alice, Mas isso é armação do Oceano!

Gerana, passa os links dos parentes do Fernando Pessoa na pessoa da metrópole.


voltar pro céu