.

.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Em teu seio, oh liberdade!


I
OUVIRAM DO IPIRANGA AS MARGENS PLÁCIDAS
DE UM POVO HERÓICO O BRADO RETUMBANTE,
E O SOL DA LIBERDADE, EM RAIOS FÚLGIDOS,,
BRILHOU NO CÉU DA  PÁTRIA NESSE INSTANTE.
SE O PENHOR DESSA IGUALDADE
CONSEGUIMOS CONQUISTAR COM BRAÇO FORTE,
EM TEU SEIO, Ó LIBERDADE,
DESAFIA O NOSSO PEITO A PRÓPRIA MORTE!

Ó PÁTRIA AMADA,
IDOLATRADA,
SALVE! SALVE!

BRASIL, UM SONHO INTENSO, UM RAIO VÍVIDO
DE AMOR E DE ESPERANÇA À TERRA DESCE,
SE EM TEU FORMOSO CÉU, RISONHO E LÍMPIDO,
A IMAGEM DO CRUZEIRO RESPLANDECE.
GIGANTE PELA PRÓPRIA NATUREZA,
ÉS BELO, ÉS FORTE, IMPÁVIDO COLOSSO,
E O TEU FUTURO ESPELHA ESSA GRANDEZA.

TERRA ADORADA,
ENTRE OUTRAS MIL,
ÉS TU,BRASIL,
Ó PÁTRIA AMADA!
DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL,
PÁTRIA AMADA,
BRASIL!

II
DEITADO ETERNAMENTE EM BERÇO ESPLÊNDIDO,
AO SOM DO MAR E À LUZ DO CÉU PROFUNDO,
FULGURAS, Ó BRASIL, FLORÃO DA AMÉRICA,
ILUMINADO AO SOL DO NOVO MUNDO!
DO QUE A TERRA MAIS GARRIDA,
TEUS RISONHOS, LINDOS CAMPOS TÊM MAIS FLORES;
"NOSSOS BOSQUES TEM MAIS VIDA,"
"NOSSA VIDA" NO TEU SEIO "MAIS AMORES".

Ó PÁTRIA AMADA,
IDOLATRADA,
SALVE! SALVE!.

BRASIL, DE AMOR ETERNO SEJA SÍMBOLO
O LÁBARO QUE OSTENTAS ESTRELADO,
E DIGA O VERDE-LOURO DESSA FLÂMULA
-PAZ NO FUTURO E GLÓRIA NO PASSADO.
MAS, SE ERGUES DA JUSTIÇA A CLAVA FORTE,
VERÁS QUE UM FILHO TEU NÃO FOGE À LUTA,
NEM TEME, QUEM TE ADORA, A PRÓPRIA MORTE.

TERRA ADORADA,
ENTRE OUTRAS MIL,
ÉS TU, BRASIL,
Ó PÁTRIA AMADA!
DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL,
PÁTRIA AMADA,
BRASIL!
A letra do hino nacional do Brasil foi escrita por Joaquim Osório Duque Estrada (1870 – 1927) e a música é de Francisco Manuel da Silva (1795-1865). Tornou-se oficial no dia 1 de setembro de 1971, através da lei nº 5700.

29 comentários:

Sylvio de Alencar. disse...

Meio cafona... (hoje).
Bem que poderiam mudar a cada 10 anos (ou menos): poderiam rolar uns hinos até legais, com diferentes levadas...

De qualquer forma, é um Hino Nacional.
Meu comentário não diminue minha admiração por esse país.

Abrçs.

Sarah Slowaska disse...

Noiva, não acho cafona não, viu.
Acho que a sua mensagem, com o passar dos anos, só se fortalece.
Mas eu sou suspeita, porque simplesmente amo o nosso hino.

Beijos querida.

Carol Morais disse...

Wal, eu adoro o nosso hino. Nao sei se eh mal de linguista gostar tanto assim do hino, ja que as oracoes estao todas com ordem inversa! =]
Acho lindo e a melodia sempre me emociona muito. Com certeza eh um dos hinos mais bonitos do mundo!

Sinto vergonha pelos brasileiros que nao sabem e nem se interessam em aprender o hino nacional.

Um beijo

PV: menti
Mas eh so a PV, eu nao menti nada, viu? Nao aqui! rs

Saozita disse...

Olá Wal, o Hino Nacional Brasileiro é lindo, não concordo com o Sylvio, de cafona não tem nada! O Hino é um simbolo, e serve como veículo de identificação e união de todos os nacionais.
Deve ser respeitado, por quem ama sua pátria. É sempre bom divulgar, pois a maioria dos jovens, nem conhecem o Hino do seu país, aconteçe em todo o mundo.
Sou portuguesa e gosto também muito do Hino Português.

Tem um bom fim de semana, e recebe com carinho e amizade, um beijo do lado de cá do oceano.


PS: Gostei muito do seu blog e vou ficar de olho por aqui.

betina moraes disse...

wal...



é uma das melodias mais bonitas do mundo e apesar de concordar, não fui eu que disse não, foi o maestro da filarmônica de NY o alan gilbert... mas mesmo que ele não tivesse dito nadinha, eu ainda seria fã de tudo, melodia e letra pois acho-as fantásticas.

alguns dizem que a letra do Hino Nacional é complexa, meu deus! eu quando escuto me pergunto se daqui para frente as pessoas vão criticar os escritos mais elaborados pela simples ignorância que as assola e a preguiça de estudar, ler, aprimorar o vocabulário. não há a menor intenção de preservar a nossa querida língua portuguesa? lábaro é sinônimo de ET? fulguras é algum palavrão? vamos, por favor, valorizar o que realmente tem valor, dar o exemplo para o monte de crianças que já não quer nem mais ler um gibi da mônica, quanto mais ir até um dicionário para tornar o vocabulário um pouco além de "pô", "valeu", "na moral"... nossa obrigação é preservar nossa cultura e nossa língua, é uma responsabilidade social e moral.

um beijo, querida.

Carol Morais disse...

Vou assoprar minha vuvuzela, so um minuto:



VOOOOOOOOOONNNNNNNNNNNNNNNNNNN

E reclamar da sua ausencia no meu blog. Poxa, nem pra dar um oi a senhorita aparece??? E ainda tem a cara de madeira de dizer que esta com mais tempo, ai fica so escrevendo no te ceu milhares de postss pra gente nao conseguir acompanhar. Ai eu fico que nem uma louca vindo aqui, me declarando pra vc. Mas tuuuudo bem, eh o que a gente ganha por se apaixonar. Hunf. A sua sorte eh que tive que ir atras daquele tal de AMA- Associacao das mulheres que amam demais, ai desabafei tuuuudo sobre uma tal de wal, uau! e um ceu que so se abre pra ela mesma, hunf.
Falo mesmo. Vou discutir relacionamento em publico e tocar minha vuvuzela!

Mas isso tudo eh pq eu te amo,viu? Se eu nao amasse, nunca que ia por minha boca na minha vuvuzela pra reclamar da sua ausencia.

rs

Um beijo, de longe pq eu to eh besta.

Gerana Damulakis disse...

Adoro letra e música.

b disse...

Nunca li tal riqueza em blog algum.
É bom ler e saber , melhor, lembrar.
A Pátria, é amada.
No gramado, no asfalto, no olhar que a gente tem passando na rua e olhando tudo mas principalmente o "céu aberto"das possibilidades.Em cada um de nós.
Não é ufanismo besta não.
É o sentido de não lesar a Pátria no dia a dia , nas pequenas coisas.
E nestas mesmas pequenas coisas, contribuir.
Gostei e saiba que recebi o Hino agora, como fosse novidade, talvez pelo amor que colocastes na postagem.

Sylvio de Alencar. disse...

Cafona é o hino, não a mensagem (e muito menos a mensageira).

CAROLINA CAETANO disse...

Walkyria, tem gente que fala que o Hino da França é o mais bonito. Tudo bem que a melodia seja maravilhosa, afinal, as melodias francesas são maravilhosas de costume. Mas letra! Ah!, não!! Não há hino como o nosso em poesia. Talvez, a despeito de nosso país, seja a mais doce e menos bárbara!
É, menina, uma coisa que talvez poucas pessoas saibam: eu sou patriota! Ai, falei! Hehe.
Walkyria! Eu estou com saudade de você, caramba!!!
Beijos e beijos.

Jorge Sader Filho disse...

Que idéia mais feliz, Walkyria!
Uma lição de civilidade.
Parabéns pels lembrança.

Carinho,
Jorge

Gisele Freire disse...

...adoro a música, a letra, e a sensação que ele me causa :)
Belo post maninha, bom fim de semana procê
bjokas

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sylvio
eu não acho nada cafona gostar do hino brasileiro, e não acho nada cafona publicá-lo, mas como boa safada que sou...rerere...finjo que respeito tua opinião.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sarah
vc é super suspeita de tudo!
e reconhece!

e verdade, essa mensagem se fortalece, como se fosse cumprida uma sina, um destino. Muito legal o que vc disse.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sozita
falou a voz da matrópole!

Querida, é verdade, tenho pena de quem não sabe seu próprio hino, ainda mais quando ele é poderoso.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gerana, parte do nosso trio....adoro tbm!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Bárbara
vc é uma coisa de sensível.... eu postei o hino com muita fé, muito carinho por todos aqueles que morreram por nossa liberdade...desde os tempo anteriores até ao nosso hino.

obrigada, obrigada por teu companheirismo.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gi
falou e disse, a sensação que me causa o hino é única!
Vc...sempre Gisele, sempre phina!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carolina
semos patriotas
com garra e amor
semos sim...

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Jorge
quando ouvi na Tv o hino, me arrepiei....coloquei a mão no coração e a outa no teclado...hahahah

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

BB
vc como um poço, um abismo, um verdadeiro canyon de sabedoria, citou o maestro que disse que o nosso é o mais bonito hino.

E é mêrmo!

Une patriotismo à pátria, que são coisas diferentes.
Une natureza "morta" à natureza "viva" humana.
Tem garra, tem sabor, tem uma sensação, como disse a Gisele.

Sabe, eu aprenddi o hino, bem como algumas orações, na escola. Era matéria normal. Tinha que decorar.

Eu decorei.
Aos poucos, as palavras foram fazendo sentido, como o Ave Maria da Isabel.

Aos poucos eu fui sentindo esse Brasil continetal, verde e amarelo, "planta, flor irmã da bandeira, a minha sina é verde e amarela como a bananeira!".... Bosco...

Entonces.... que pena que não se ensina mais isso na escola. Quer dizer, na escola Waldorf se ensina sim....

E meu, tô dentro....heheheh

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carol
finalmente chegou a sua vez!

hehehe...a senhora passa dias sem aparecer, sem postar, escravizada em fortaleza pelos Holandeses, com cara de Audrey Hepburn e depois vem toda serelepe como se nada houvesse acontecido.
Eu reclamo..heim? heim?
Não, fico na minha...

Agora a senhora vem com essa cobrança toda e ainda diz que me ama?
Ainda bem que minha noiva é a Sarah, que gosta de liberdade...
kakakakkakakaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
ai, nem eu aguentei a minha bronca...

Querida, não sei se respondo post, se escrevo novo, se compro uma bicicleta, se reponndo o face book(que me meti numa encrenca com isso), se navego, se caso com a Sarah.....ai Jesus...

Carol
desculpa!

Carol Morais disse...

kkk
Aê! É minha carência... carência =/
Sou possessiva, dominadora e tudo com ivas e oras
:)

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Pera aí dona carol...
vc é cearence ou carente?

agora não entendi....
kakakakakaKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

eu aqui é tudo com Chivas e sem horas!

Sylvio de Alencar. disse...

Queridos e queridas.

- Não acho que seja cafona gostar do HIno Nacional.
Não foi isso que disse!
- Não acho cafona cafona publicá-lo, e também não disse isso!
- Embora finja que respeito sua opnião Wall, na verdade eu a respeito! :)

Vcs estão associando o hino a uma emoção.
Não discuto essa associação: o que ele causa em quem ouve. No meio do povo eu também fico emocionado quando o escuto.
Essa 'emoção' não é sentida pela maioria dos seres deste planeta, mas apenas por uma (pequena?) parcela que o habita.
Olhem, sou avesso a nacionalidades' e ao sentimento que provoca: o nacionalismo.
ouço este hino (e a todos!), com os dois pés atrás.
Mas, tudo bem; sem o ser humano não sou ninguém.

A letra é linda e tem palavras bonitas como disse Betina (aiai)?
Sem dúvida!
Como não respeitar o que vem de Betina e de todos vcs, uma vez que só vi gente inteligente por aqui?????????

Mas porque não posso dizer, de peito aberto, que não gosto? Estarei cometendo uma heresia?
Serei um mau cidadão?
Merecerei de vcs um ostracismo infame? (vixi!)

Nem vou falar aqui que não gosto do Caetano...

PV: substyl (me lembrou aquela linha de roupas pra pestinhas: a Petistil).

Sylvio de Alencar. disse...

Um adendo, um esclarecimento:
no prarágrafo 'Essa 'emoção' não é sentida pela maioria dos seres deste planeta, mas apenas por uma (pequena?) parcela que o habita', e que vivem num determinado país: o nosso!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Não querido Sylvio, aqui vc pode achar o que quiser. Emoção é coisa que se sente às vezes e às vezes não. Vai ver que vc tá desgostoso com algo....... apesar de vc ser gostoso, bró!

Sylvio de Alencar. disse...

Sou gostoso mas sou feliz;
mais gostosa é quem me diz!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

SYLVIO, VC É DELÍCIA, É PIOR QUE SORVETE....RERERE


voltar pro céu