.

.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Cadê a revolução?

.

10 comentários:

Sylvio de Alencar. disse...

Normalmente, as internas não são. Tanto que até passam desapercebidas.

(Tá dormindo tarde, hein?)

Abrçs.

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

A unica revolução realmente válida é a que ocorre no campo de batalha interior... ;)

Sonhadora disse...

Minha querida
Estou fazendo um ano de blogue e recebendo os amigos, e tu fazes parte deles.

beijinhos
Sonhadora

Djabal disse...

Este é um dos melhores grafites que eu me lembro de ter visto.
As revoluções são apenas grandes cartazes, desculpas. O que vale mesmo é a salvação única como o interesse próprio. Ótima e oportuna sua lembrança. Beijos.

Controvento-desinventora disse...

A revolução tá dentro de mim, me chacoalhando toda...Uma hora ela sai. Que o mundo se prepare!

lucidreira disse...

Revolução de que? De sombra e agua fresca! É isso que queremos.
De volta após alguns dias, agora em convalescença.
Abraço

Marcantonio disse...

Que pergunta constrangedora. Sobretudo para aqueles que se sentem órfãos da história...

Abraço.

Juliana disse...

Oi, passando pra conhecer seu blog, adorei os pensamentos.

Abraços, passa conhecer o meu blog tb qd quiser, BJussssss

Provos Brasil disse...

Continua em fase dormente em nossas mentes e corações!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Gentefina
vcs são mesmo a azeitona da minha empada. cada resposta megahipersuper bacana.

Mas olha, essa aqui me deixou acesa demais:

Controvento-desinventora disse...
"A revolução tá dentro de mim, me chacoalhando toda...Uma hora ela sai. Que o mundo se prepare!"

nos aguarde.....universo!


voltar pro céu