.

.

sábado, 25 de setembro de 2010

A maior capitalização da humanidade

.

5 comentários:

Blog do Mensageiro disse...

Lula tem sim seus méritos, que não são poucos, mas como todo garotinho que se lambuza com um bolo de chocolate, perdeu-se na tentação do poder, deixou de ser cachaceiro para apreciar cerveja belga. As eternas armadilhas do poder...

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

A César o que é de César... "a vitória tem muitos pais; a derrota é órfã" Nem Lula, nem FHC, nem PT, nem PSDB... ficam todos lutando pra dizerem-se quem mais fez e fez melhor pelo Brasil... se os dois maiores parte-idos se unissem e formassem um inteiro, num acordão que seja de alternância, o Brasil cresceria como nunca antes...

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Francisco
já rezava o ditadoÇ a união faz a força. Utopia, mas um sonho a se sonhar.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

André, meu amigo

olha só, o Boff tem razão ao afirmar que pobre tem que reconhecer seu lugar de pobre. Nunca deve deixar a cachaça para apreciar uma cerveja Belga.

Ranço da nobreza, que achava que aristocrata tinha um sangue diferente, parentesco com os Deuses. Isso pega heim, está no inconsciente.

Sylvio de Alencar. disse...

Não sei Wall..., será que realmente pobre tem um 'lugar' específico?, um cantinho pra fica quietinho?
Não tem, mas, tem que ter bom senso, como todos nós.
Inacio não é um herói, mas também não é um vilão. O que deve ter de filhos da puta em volta do homem..., meo Deus!

Dai a César o que é dele: uma boa máxima, que só poderia vir do Sábio mesmo!


voltar pro céu