.

.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Carlos Trigueiro ∞ Profecias de um Excluído

.
Dias destes, li um livro ótimo, que me capturou pela capa e nome. Nunca havia lido nada do autor, nem conhecia, a bem da verdade. Comprei, me deliciei, virei fã.

Mas o motivo do post, é que o vidente do livro, o Santinho, faz uma revelação bombástica: que o mal do Brasil era a maldição do pau torto. Pau torto, no caso, seria a letra J, que todo mundo pode ver, que é mesmo um pau torto. Mas então, leiam o texto, é mesmo muito bom e profético.


Carlos Trigueiro
.
"Num fim de tarde, em entrevista coletiva a correspondentes estrangeiros sediados em Nova Iorque, Santinho revelou:

- Que a sua teoria do pau que nasce torto, ou seja, da letra J, que influi nos destinos do Brasil, baseia-se em dados irrefutáveis não tem nada de profecia, nem feitiço;

- que o desmando do pau torto começou em 1494, quando D. João II, às cegas, incluiu parte do Brasil no Tratado de Tordesilhas;

- que, em 1532, D.  Jão III retalhou, a torto e a direito, o país em capitanias;
- que os jesuítas influenciaram a história do Brasil muito mais do que se sabe;

- que o domínio holandês não vingou no Nordeste brasileiro por causa do olho grande do príncipe João Maurício de Nassau;

- que Joaquim José da Silva Xavier (Tiradentes) foi derrotado por Joaquim Silvério dos Reis, no episódio da Inconfidência Mineira, por causa do duplo J no nome;

- que o general Junot, comandando tropas napoleônicas, fez D. João VI meter o rabo entre as pernas e fugir com a família real para o Brasil;

- que José Bonifácio de Andrada e Silva, além de "Patriarca da Independência", foi o primeiro brasileiro a ocupar um ministério;

- que o político mais lúcido do Império, abolicionista e monarquista, Joaquim Nabuco, acabou jururu, no exílio;

- que na história recente o ciclo do pau torto foi explícito em 1954, com Getúlio Vargas, pois, naquele tempo, milhões de brasileiros escreviam "Jetúlio";

- que o poder quase foi parar nas mãos de Juarez Távora, porém veio Juscelino Kubitschek, que passou o poder a Jânio Quadros, que renunciou e foi sucedido por Jango Goulart, que foi derrubado pelos generais (que, como se sabe, em país de analfabetos pode ser "jenerais" e não faz a menor diferença);
- que o maior movimento cívico brasileiro, conhecido por "Diretas Já", não deu certo por causa da influência do J;

- que a notícia da morte de Tancredo Neves ao seu sucessor foi dada no Palácio Jaburu, em Brasília;

- que no final da hegemonia militar o poder político foi devolvido aos civis pelo general João Figueiredo, que o passou a José Sarney do jeito que todo mundo sabe.

Satisfeitos com a retórica de Santinho, os jornalistas  - sempre ávidos por novidades - perguntaram se as sucessivas crises provocadas pelo Movimento dos Sem-Terra (MST) teriam solução, visto que a distribuição da terra no Brasil, em comparação com os Estados Unidos, está atrasada duzentos anos.

Respondeu Santinho: "Nunca haverá solução definitiva, não há espaço."

Jornalistas: "Como não há espaço? O Brasil tem mais de oito milhões de quilômetros quadrados!"

Santinho: "Serão sempre insuficientes, enquanto não houver espaço na consciência dos possuidores de terras."

Quanto à questão de ex-presidentes da República que, bem ou mal, já entraram para a História, chegando ao ápice dos cargos públicos, indagaram os jornalistas: "Como se explica que esses senhores retomem ou queiram retomar ao cenário político em cargos inferiores, de prefeito, senador, embaixador, governador?"

Santinho respondeu como repentista que teve sua rabeca censurada vinte e um anos: "No Brasil, as elites dirigentes vivem em estado de sodomia política; então, a pergunta não devia ser feita a vidente, porque a resposta é evidente."

Leram tudinho? Bons garotos... agora cuidado heim, nada de seguir a maldição e votar no "J  do pau torto".

16 comentários:

Carol Morais disse...

Wal, nossa...morri e voltei. Você escreveu tudo isso do livro?!
Mais uma vez o "j"entra..paciênia de Jó, minha nega!

Mas, eu tenho certeza de que isso não foi em vão. Menina, o livro parece ser ótimo!! E o melhor é que ninguém pode chegar e meter o pau dizendo que você tá fazendo campanha,né? Quem quiser que interprete da melhor forma! rsrs

Eu achei o texto super bacana! Que criatividade..um show de História também!

Vê se deixa esse post um pouquinho mais de tempo, que eu tenho certeza de que "vai dar o que falar"

Um beijo!!

PV: allypo: E vamos passar tudo "allypo"nessa palhaçada tucana! rs

Lisarda disse...

Jajaja!
(ou: ha ha ha!)

Em Argentina, acho que o paxé fica na N: AlfoNsíN, MeNem,KirchNer, YrigoyeN, e, a mel do melhor, JuaN DomiNgo PeróN, a triple N.

ROBERTO disse...

Babei no livro e na campanha. Tô vendo muita gente boa omissa nesse processo e é ótimo ter um monte de gentefina dando a cara pra bater.

Juliana disse...

Oi flor, adorei seu post, e adorei a ultima frase tb.

Bjaumm e otemo findi

betina moraes disse...

hahahah,

sensacional!

vou comprar o livro Já

te mandei o e-mail, boneca!

Carla Farinazzi disse...

Olá, querida, gostei muito de seu blog...

O livro vai pra lista das próximas leituras, com toda certeza.

Beijo

Carla

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carol....passar tudo allypio, hahahah, amei a PV. Veja como ela j[a se decidiu!
Querida, vou amahnã.....

Amei o livro, bom demais, que cabça desse cara, que gênio

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Lisarda....nanananana

Parece que por aí a praga é mesmo o "n".Beijão e obrigada por tua alegria.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Roberto
Vejo gente omissa sim, como vejo gente que por motivos de relacioamento, com a galera em geral, acha que tem que se calar e não abordar política.
Eu compreendo. Mas ñ é o meu caso.

Compreendo que estamos vivendo um momento histórico. Quero me lembrar dele. Como me lembro de votado pela 1ª vez, apenas aos 25 anos, pq tinha o AI2 e eu ñ admitia isso.

Tbm lembro de não ter ido nas Diretas já, nem panelada fiz. não acreditava naquela manobra que nos deu de bandeja mais direita no poder.

E assim, aconteça o que acontecer, quero contar pros meus netos, de que lado estive. E quero contar pros anjos, lá no céu. Eles...ávidos por aventuras.

Grande beijo Roberto, como já disse, sua presença e opiniões, são um verdadeiro presente para mim.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

BBBBBBB

compra o outro tbm, confissões de um anjo da guarda....

recebi e já mandei de volta procê, minha amadona

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Oi Carla
seja bem vinda, que linda que vc é....gatona, risonha, assim que a gentefina gosta!

CAROLINA CAETANO disse...

Walkyrinha!!
Conseguiu voltar ao Facebook? Não falei de novo com os meninos do Elefante, mas estão desde aquele dia sem dar as caras.
Sei que estão bravíssimos com toda essa história. Aliás, já estavam! Há tempos que estão envolvidos com o movimento contra o PIG. Estão até o pescoço!!
Enfim, adorei o texto. Mas eu tô com medo de que a profecia se dê por insatisfeita!
Tire férias deliciosas, mulé!
Vou te manter informada, tá?
Um beijo, beijo, beijo!!

Elefante de Costas disse...

Deus nos livre, Walkyria!!!!
E pior a kika vir falar que tem medo da profecia não se dar por satisfeita.
Gente, temos que lutar, sim, mas contra as coisas que continuarão acontecendo após a campanha, como o PIG. Viram que o JN fraudou o vídeo da ridícula bolinha de papel?
A Dilma vai ganhar! Nós precisamos dela! Nós vamos elegê-la, não é? Já estamos planejando as críticas pra fazer a Dilma quando ela for presidente. Haha!!!
Beijo grande para kika e Wal, principalmente!

Ps.: kika, o Perua ainda está tentando se acalmar.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

antes que eu viaje mesmo,
antes que me esqueça, adoro vcs.....
minhas escolhas me trouxeram gentefina demais...ai,ai..... obrigada senhor!

Carlos Trigueiro disse...

Olá Walkyria,
grato pelas referências e divulgação de "O Livro dos Desmandamentos" e "Confissões de um anjo da Guarda".
Caso interesse, mande-me, p.f., um endereço postal para receber como lembrança natalina "Memórias da Liberdade" autografado. Abraço.
Carlos Trigueiro
www.carlostrigueiro.com
trigueiro@carlostrigueiro.com

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carlos do Céu.....

obrigada pela tua resposta, obrigada mesmo, tanta gentileza, fico até mais esperançosa com o povo desta terra.

Eu amei seus livros, os dois que li, e acho que vc devia escrever muito, pra dar esta alegria pra gente. Pra gente tão carente da tua imaginação.

Obrigada por tudo mesmo.


voltar pro céu