.

.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

A padroeira do Brasil

.
O rio Paraíba, que nasce em São Paulo e deságua no litoral fluminense, era limpo e piscoso em 1717, quando os pescadores Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves resgataram a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida de suas águas. Encarregados de garantir o almoço do conde de Assumar, então governador da província de São Paulo, que visitava a Vila de Guaratinguetá, eles subiam o rio e lançavam as redes sem muito sucesso próximo ao porto de Itaguaçu, até que recolheram o corpo da imagem. 

Na segunda tentativa, trouxeram a cabeça e, a partir desse momento, os peixes pareciam brotar ao redor do barco.

Durante 15 anos, Pedroso ficou com a imagem em sua casa, onde recebia várias pessoas para rezas e novenas. Mais tarde, a família construiu um oratório para a imagem, até que em 1735, o vigário de Guaratinguetá erigiu uma capela no alto do Morro dos Coqueiros. Como o número de fiéis fosse cada vez maior, teve início em 1834 a construção da chamada Basílica Velha. 

O ano de 1928 marcou a passagem do povoado nascido ao redor do Morro dos Coqueiros a município e, um ano depois, o papa Pio XI proclamava a santa como Rainha do Brasil e sua padroeira oficial.

A necessidade de um local maior para os romeiros era inevitável e em 1955 teve início a construção da Basílica Nova, que em tamanho só perde para a de São Pedro, no Vaticano. 


O arquiteto Benedito Calixto idealizou um edifício em forma de cruz grega, com 173m de comprimento por 168m de largura;  as naves com 40m e a cúpula com 70m de altura, capaz de abrigar 45 mil pessoas. Os 272 mil metros quadrados de estacionamento comportam 4 mil ônibus e 6 mil carros.

Tudo isso para atender cerca de 7 milhões de romeiros por ano.

30 comentários:

Rebecca disse...

hola Walkyria,
es una histora emocionante y llena de amor humano. Gracias por publicarla para nosotros.

un abrazo de amistad^^

Sonhadora disse...

Minha querida
Uma história muito linda e cheia de ternura.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Zélia Guardiano disse...

Querida Walkyria
Não dá para ficar indiferente a esta paixão que os brasileiros têm pela sua padroeira.
Algumas datas mexem muito com a minha psiqué, como esta de hoje, o Natal, a Páscoa...
Gostei muito do seu post!
É interessante saber coisas de nossa terra.
Grande abraço, amiga!

Tania regina Contreiras disse...

Eu gosto de conhecer melhor a história de nosso povo. Já havia lido há muito tempo, mas não lembrava. Foi bom ler de novo. Tão especial nossa gente, eu acho!
Beijos,Wal...

Gerana Damulakis disse...

É uma bela história. Que ela esteja olhando por todos nós.

b disse...

Gostei de saber mais.
A Senhora.
Divina e saída das águas.
Muito simbolismo na história.
Tem a ver, tem a ver.
Obrigada por isso.

Phivos Nicolaides disse...

Ola querida amiga! Lindo. Abraco

CÉU ROSÁRIO disse...

Tou seguindo teu blog!
Lindo!
beijo e boa semana

Carol Morais disse...

Que emocionante, Wal. Eu acredito muito em Nossa Senhora e acredito que ela está sempre olhando por nós. Eu tenho certeza de que Ela esteve olhando pelo Brasil pelos últimos 8 anos e eu espero que ela continue olhando!
Um beijo,
que postagem mais bonita! Por isso você é tão iluminada. Todo dia tem uma Wal diferente, mas que é sempre a mesma!

Carol Morais disse...

Tchau. Tô no meio da minha aula e não consigo mais sair desse blog. Eu ein.
Tu parece um ímã, criatura!
amo demais. Um dos meus sites favoritos!
=)

Carol Morais disse...

Wal, tô nem aí pra aula.
Tava pensando...vc já pensou em escrever um livro chamado Céu Aberto? A partir do teu blog? Nele você colocaria tudo que te forma: poemas, textos, críticas ferrenhas ao que quiser, textos interessantes, imagens belas, imagens estranhas....O que acha?
=)

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Rebecca

Também acho esta história muito singela. Obrigada por tua presen;a e atenção.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sonhadora...
*⊱✿◕ ◕‿◕ ✿⊰ *

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Zélia
que alegria te ver aqui, e comentando, ainda por cima. Sabe que estas datas mexem comigo tbm. Natal, páscoa, são joão, são micale....e todas nas mudanças de estação. Dá pra pensar longe.... né?

Seja sempre bem vinda.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Tania
que bom que vc voltou. Teus comments são sempre tãp meigos e profundos. Sim, verdade, tão especial a nossa gente!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Geraninha
Amém!
*⊱✿◕◕◕✿⊰ *

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Phivos....

saudade, vc é sempre uma boa presença!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Bárbara

tem a ver...gosto desse termo. É como se uma coisa nos levasse lá pra dentro de nós, e fizesse links indizíveis.
Sim tudo a ver, divina, negar e saída das águas!
Bárbara.... muito lindo certas coisas..né?

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Céu Rosário

Vc que já tem céu no nome, fique mais que à vontade aqui no céuAberto.
Bem Vinda!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carol
Primeiro, quando Mister Morais reclamar que sua filha mata aula pra cair num céuAberto, não vou me responsabilizar.
Quiqui é isso, minha gentefina? Vai pros istaitis e fica cabulando aula?

Tenha dó!

Segundo, que bom que vc viciou, pq eu sou adicta em vc.

Terceiro, eu queria muito publicar um livro, mas não sei como fazer, não tenho tino comercial....

Quer ser minha agente?
Minha agentefina?

Querida
Que bom que vc me aceita e entende. Eu tenho aqui no coração, nos olhos, na alma e no estômago, tanta coisa que surge, aparece, desaparece, mexe e remexe, e por isso eu fiz esse céu aberto pra mim.

Pq tudo vem e vai pro céu. Aqui não tem seleção, tema central, personalidade, e o esquimbau(se escreve assim?)

Aqui vale tudo....
é pegar ou pegar!

betina moraes disse...

wal...

que bonito! eu sou devotíssima de nossa senhora, mas não tem nenhuma ligação com a igreja... é uma coisa minha mesmo, desde criança quando... ah.. deixa para lá... é uma história que eu só conto em troca de uma data importante...


por falar em data importante, eu li que você não vai me contar o dia do niver... hum, vou descobrir sozinha, ou negociar com minhas informações preciosas a respeito de uma mulher de manto azul... padroeira...


deixa eu te dizer, sabe a cadela escritora úrsula? acabei de ver no blog dela uma coisa muito legal! ela disse que há presentes para nós, seus leitores e o seu nome está lá na lista que ela fez! não é legal? tá aqui o post: http://ursulamaff.blogspot.com/2010/10/mensagem-extraordinaria-presentes-do.html

ah! eu amo receber presentes! fiquei correndo em volta de mim mesma, querendo morder minha cauda...


beijos, querida, amada, idolatrada, salve, salve...

Carol Morais disse...

Eu sempre falei escambau... kkk
Mas é escambau. Procurei pela origem da palavra e achei uma provável origem:

Vamos para o momento etimológico do Céu Aberto:

Escambau:

Leva a data de 1950 no Houaiss, mas tem o misterioso poder de conservar um certo frescor. Não faz o falante parecer recém-saído de uma câmara criogênica, como ocorre com “jóia”, “brasa”, “bokomoko”.

O sentido de “o escambau” é, como se sabe, “mais um monte de coisas” – uma espécie de “etc.” menos formal e mais enfático. Também é possível encontrar a palavra, com menos freqüência, num papel que costuma ser assumido por palavrões. Exemplo: “Ingênuo, eu? Ingênuo é o escambau!”

Sua origem é controversa, mas a tese que soa mais plausível deriva a palavra de “cambada” (porção de coisas, cambulhada). O Houaiss, sempre ele, explica como isso teria ocorrido: “com alteração de sufixo para -al, ‘grande quantidade’, e depois grafado com -u, seguindo a pronúncia do -l final, predominante no Brasil”.

=)

Eu tb sou cultura, rapááá

Sylvio de Alencar. disse...

Que Nossa Senhora interceda por seus filhos, os que insistem em depredar a casa em que vivem; e que cuide dos que a querem bem.

Abrçs.

Jorge Manuel Brasil Mesquita disse...

As raízes de um povo, seja ele qual for, são as traves mestras do seu conhecimento. Este belo naco de prosa são a prova desse conhecimento. Por mim, obrigado.
Jorge Manuel Brasil Mesquita
Lisboa, 13/10/2010

nydia bonetti disse...

Aqui ela é muito comemorada, Wal. Temos uma gruta com a imagem, no pé de uma montanha linda, onde no alto há um cruzeiro. A Festa todo ano é muito emocionante. Eu, devota que sou, não perco nunca. Que nossa Mãe morena esteja sempre com seu povo e abra as portas do Céu para todos nós. Beijos!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

BB
eu tbm sempre gostei de mariaa, pensa, quem não gosta heim. Amei no filme com a Fernanda Montenegro, esqueci o nome (claro que vc lembra), ela intercedendo pelos homens, falando de sua humanidade. Linda passagem.

Bem, então, minha mãe tinha idolatria por santa terezinha, mas é outra santa e tudo o mais. Desimbestei.

Bom saber da Cã ùrsula, vou lá buscar meu presente, mas antes vou controlar minha cauda... fiquei toda legre, como vc, mimha linda adorada!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carol
esperta e de tão boa vontade... isso é uma dádiva na vida.
Mas olha, escambau ter um frescor jovial, é hilário heim. Nada bokmoko, que nasceu fadado à velhice.

Taí outra palavra que amo! Cambada

beijão querida.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sylvio, são raros os bons inquilinos. A maioria não trata bem a casa onde mora.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Jorge manuel
as raízes são nosso lastro mais precioso e seguro, embora muitas vezes nem saibamos que elas existam. Mas elas estão ali, firmes.

Por mim, muito obrigada por sua presença, palavras e sentimentos tão acurados.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Nydia
adoro festa de santo, adoro mesmo, ainda mais no interiro. E "aqui" onde seria?

Pé do morro, gruta, cruzeiro, por si só essas palavras são um poema.
Obrigada Nydia por sua visita e amizade. Vc sabe como te aguardo!


voltar pro céu