.

.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Keep seating...walk

.
Videozinho que fiz a partir de algumas fotos na 42st. Vou dizer nada não, espero que me digam!

Mas senti de repente, que tem horas na vida, em que a gente tem que parar. Parar de querer, de procurar de esperar, de supor, de um monte de coisa assim, tão verbal, tão movimentada.

É o que ando fazendo na minha vida. Nada!
.


Atualização:
A Betina, a minha amada betina fez uma legenda pro filme. Eu não teria descrito melhor meus sentimentos. Olha só...

caminhos,
meus pés descansam
sozinhos

rentes a outros passos
espaços
multiplicam

meus pés cansados
calçados
habitam calçadas

formas, fitas, filmes,
na quadra, quadro a quadro
enfim enquadram-se!
.

40 comentários:

Leo disse...

Esse video é poesia pura!

eu adorei, um dia ainda passeio por aí.

Beijos.

Sylvio de Alencar. disse...

Edição: criativa, legal!
Um exercício, o que fez. Legal.

angela disse...

Você me mandou ficar calada, mas sou desobediente...rs. Muito bom o video, ficar sem fazer nada e calada assim eu aprecio.
beijos

sam rock disse...

Esses pés, quantos quisessem que não ficassem quietos, observando, senão que se encaminhem à casa da pessoa ou as pessoas que a querem, Walkyria.

Walking go without looking backwards.

Um abraço

Janaina Cruz disse...

Eu fico a imaginar, pela posição dos pés, alguém triste e sozinho sentado no chão, olhando o vai e vem de pessoas, que fingem não ver, fingem pressa...
Isso é que é irriquecedor aqui, tu deixa que nós façamos a poesia do post... :)
Aproveita bem teu final de semana...

Nilson Barcelli disse...

Gostei do video e da sua criatividade a partir de uma situação banal.
Como foi feito em NY teve a influência de algum realizador... rs...
Beijos, querida amiga (sumida...)..

so sad disse...

o video ficou fantastico!

eu diria que na vida temos hora de parar, de andar, de refletir...

beijo!

David disse...

Eu gostei da idéia e acho que me incentivou a fazer algo com algumas fotos que tenho em meu PC

Eu vou te ver beijos no Facebook

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Leo
venha sempre passear por aqui, vc é muito bem vindo.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sylvícola
foi mesmo um exercício, ficar ali, paradona, no meio do maior agito!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

É Angela
tempo de calar....

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Roque
é isso, meus pés precisam me levar aonde estão aqueles que eu amo!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Janaina...
que legal o que vc disse. É assim mesmo, cada um vê as coisas com seus olhos, e assim compreende o mundo.

Os pezinhos de bota são mesu, e eu estava olhando o ir e vir, com vontade de apenas ficar....

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Nilson...
como assim, influência de algum realizador? explica vai....

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

So Sad
eu acredito nisso tabm, mas na hora H.....eu me atrapalho e escorrego!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

David
então, manda bala que eu quero ver!

Chris Ribeiro disse...

Nuss, perfeito!

Bjim.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Chris....tô de ponra cabeça pra te ver...rsrsrs.
Bem vindo querido!

betina moraes disse...

wal...

minha legenda para o filme

caminhos,
meus pés descansam
sozinhos

rentes a outros passos
espaços
multiplicam

meus pés cansados
calçados
habitam calçadas

formas, fitas, filmes,
na quadra, quadro a quadro
enfim enquadram-se!



eu adorei o filme, me senti ali!

um beijo, meu amor.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

BB
eu tava louca pra vc ver o videozinho.... ah eu sabia que você ia sentir e me dizer o que eu mesma não sabia. Colei aqui.... porque tô colada em você. E é pra sempre, do jeito que intuímos que o pra sempre seja.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

gostei da sequência de imagens e da exatidão poética do texto

betina moraes disse...

wal...

então você gostou?!

wal...
wal...
wal... você é minha!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ediney
como gosto quando vc gosta. Obrigada pela presença.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

BB
sou sim, e daí?
rsrsrs, será que te fiz dar uma risadinha?

CAROLINA CAETANO disse...

Ai, Wal. Quanta estrada se percorre quanto se pára. Quanto céu grudado nas solas de quem descansa. Quanta sola e céu e estrada quando se nada faz.

CAROLINA CAETANO disse...

*quanDo se pára.

betina moraes disse...

fez sim, meu bem... e sorri!

:)

nydia bonetti disse...

Preciso tanto fazer isso, Wal - ou seja - nada. Me esvaziar de mim, esquecer que tenho pés, virar pedra. E me plantar debaixo de algum céu bem azul... assim...
O nada pode ser essencial, sabia. O nada que nos preenche e abre lugar pro novo, que sempre vem.
beijoos.

Manuel disse...

Lindo e cheio de movimento na quietude de uns pés que observam e nos levam presos na magia das imagens e na doce suavidade da musica.
Adorei princesa.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Crolina
que lê duas linhas e divinha o resto. É mesmo menina, quanto céu e quanta estrada, e no fundo....quanto nada!

Saudade sempre de vc.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carolina...hehehehe
eu tinha entendido, tinha até lido errado.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

BBzinha
quero te fazer sorrir!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Nydia

obrigada por me ler com o coração.
Sim Nydia, acho que a coisa mais difícil pro ser humano, é fazer nada. A gente faz nada fumando, ouvindo música, pensando. E a gente sabe, que isso, não é fazer nada.

Fazer nada é um movimento de alma, mente e coração. Difícil pra cachorro, e pra humanos tbm.
beijo grande.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Manuel, meu Rei...
incrível o movimento no sossego.... incrível as forças que podemos movimentar quando em repouso. Vc me leu lá de dentro.

Obrigada meu amigo, por tua amizade tão phina e acolhedora.

Sylvio de Alencar. disse...

Delicia a poesia, e a visão, de Betina.

PV.: monte
Monte a montanha um monte de vezes; cansa mas a vista é boa. Acaricie o monte de Vênus, adote-o; o Puzzle; a égua; as palavras; monte em seus desejos, dirija-os; beijo os dois situados em seu peito (figurativamente, rsrs!!).

CAROLINA CAETANO disse...

Tá vendo o tanque? O tanque a gente se entende nas palavras? Você até lê errado pra me ajudar! Hehe.
Na postagem abaixo tem um comentário te contando um negócio.
Beijo e beijo e beijo e beijo!

guímel disse...

"meus pés cansados
calçados
habitam calçadas".

O silêncio fala na expressão e no movimento.

Maravilhoso

Bjsss

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Sylvio
domador de palavras.
Recebi o beijo no meu coração

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carolina
é tanque, que nem sei dizer.....rsrsrs

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Guímel
me fez lembrar de que a verdadeira sabedoria se transmite no silêncio.
Obrigada por tuas palavras e sentimentos.


voltar pro céu