.

.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

VerdadeLiberdade

.
Alma Tadema - detalhe de A Favorite Custom
.
Dentro
Até onde minha vã razão
Pode alcançar
Horizonte branco
Branco lugar
Limite da minha sanidade...
Tento
Ainda que em vão
Te tocar...
Verdade

Verdade liberdade
Como pequenos grãos de areia
Esvaindo-se das mãos em concha

Concha
Veia
Sangue
Como os olhos dos anjos
E dos amantes
.

28 comentários:

Carol Morais disse...

Porque é tão difícil tocar a verdade?
É difícil, pois ela anda de mãos dadas com a liberdade. Ou não. Sendo verdadeiros somos livres, ou não. Soms livres quando ocultamos um universo de lixo que juntamos pelo caminho.

Belíssimo poema, Wal.

Carol Morais disse...

Ah, Wal.
Eu que fiquei emocionada quando li teu comentário no meu post sobre a felicidade!
Nossa, que linda que você é!
Adorei teu sorriso egual, viu?! rsrs

Leonardo B. disse...

[o desenho da verdade, uma linha em ilha no meio do mar, uma país de oásis no tanto deserto, o país da verdade em nós, tão distante o instante e tão perto revelada, luz em relógio de sol]

Abracimenso, Walkyria

Leonardo B.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carol
verdade, ou não.... a verdade é que não existe a verdade....rsrsrsr.

É uma pegadinha do demônio, que é muito útil pra gente deixar de ser besta e sair por aí, acreditando em verdades, da educação, da religião, das ideologias.... enfim de todo lixo que acumulamos no caminho, como vc disse, e muito bem, minha fada!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Carol
eu, sou um peste. De longe assim, todo mundo é legal.

Bem, mas eu te amo, se isso conta algo. E conta, vc sabe!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Leonardo,
vc sempre transforma o que eu escrevo, em algo melhor, libertador, alegre. te agardço tanto por isso....
Tenho em vc uma parada, um descanso

odila-garcia disse...

"Verdade liberdade
Como pequenos grãos de areia
Esvaindo-se das mãos em concha"
No meio de tantas inverdades, ainda acredito qua a verdade prevalecerá.
Confio nos principios pelos quais fui educada.
Prazer estar aqui no seu blog.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Odila
é legal termos referenciais, legal termos chão firme...
mas nem sempre isso é possível.
Bem vinda!

Tania regina Contreiras disse...

Gosto muito da transparência e contundência de tua prosa. E quando você vem poesia eu te reconheço, porque há a mesma transparência, a tua essência se revela também. Legal isso, ter uma marca, perceptível quando há escuta. Amei esse olhar de anjos e amantes...

Beijos, Wal

jbcontatos disse...

Parabéns pelo trabalho, está ótimo.

Gostaria de te convidar para o meu outro blog: VIDA VIVA POEMAS, será um grande prazer poder contar voce lá. O endereço é: www.jbcontatos2.blogspot.com
Visite. Um abraço!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

JB
obrigada pela visita e pelo convite. Estarei lá logo mais!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Tania

vc sempre me escuta, em cada palavra, nos silêncios entre linhas, na ligação da foto e texto...

sim, eu acho que tenho uma marca sim, e fico muito grata de ser re-conhecida.

Mas nada do que sou, seria, se eu não tivesse, em minha vida, pessoas como vc.

nesse caso aqui, especialmente como vc.

sabe, espero sempre por seus comentários...eles me levam de volta pra casa....

querida, obrigada!

Juliana disse...

adorei o poema.

Abraços,

Juliana Paris

Jorge Pimenta disse...

valquíria,
de verdades pouco sei. de liberdades, ainda menos.
cresci com a sonoridade branca de ambas as palavras e, à medida que olhava em meu redor, cada vez mais compreendia como há amarras viris que as sustentam ao molhe da existência. o pior de tudo é que na maior parte das vezes procuramos desatar os nós pelo lado errado: o de fora.
um abraço!

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

"Como pequenos grãos de areia
Esvaindo-se das mãos em concha"
essa imagem serve para falar da felicidade que sempre se esvai

Jéssica L. disse...

a verdade para mim seria a coerência dos fatos. Mas a própria vida não tem nenhuma coerência!!

lucidreira disse...

Como eu já disse, naõ sei e não sou bom comentarista de poemas, pois nada dele sei. Mais gosto de ler e sempre tem uma surpresa nos que acompanho aqui na interação da net. Fiquei refletivo por algum tempo para absorver e distilar da sabedoria das palavras.
Abraço

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Juliana
obrigada
e seu blog é meu guia para moda, viu!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Jorge
que resposta de mestre. Isso de dsatar os nós do lado de fora, é uma lição, difícil, para bordadeios de primeira viagem como nós.
Verdade, liberdade, infinito, amor..... substantivos de difícil compreensão.
Sua presença sempre me acrescenta
Obrigada

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Ediney
sim, o amor, o infinito, a fraternidade, a morte, o medo.... são toas noções que se esvaem da nossa vã compreensão.
Fico tão feliz quando te vejo aqui!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Jéssica
Se a gente pensar que cada um conta um fato de seu modo, veja..... a incoerência já se torna rainha da vida.
Obrigada querida, por tua presença

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Lu
a única sabedoria é sua, de saber que somos todos incopetentes para avaliar sentimentos, sejam nossos ou dos outros.
Mas reflexão, é coisa de mestre.
Obrigada amigo!

betina moraes disse...

amor,
a verdade, e você deve saber bem, não é algo que esteja ao nosso alcance. é coisa dos deuses.

os deuses também gostam de versos e talvez seja apenas através da lira que se possa atingir algo perto da verdade...

o seu verso, indo em direção ao branco, é algo verdadeiro.

os olhos dos anjos e dos amantes serem o lugar da verdade é um achado, uma revelação profunda e genial!

um beijo, minha querida minha..
um beijo.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

BB
me lembrei muito do verso que vc fez das cores....lembra? Que eu disse que vc repetiu o branco duas X.

BB, vc está sempre nas minhas palavras, atos e omissões.

escotilha disse...

:)

Walkyria Rennó Suleiman disse...

escoltilha
deixa eu me escotilhar em vc....

betina moraes disse...

eu te amo

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Betina

vc me salvou de mim mesma, quando decididamente entrou na minha vida

mulher corajosa....nem todos sabem me domar.
Mas vc, poxa só amor, humor e felicidade. Posso pedir mais?

Ainda sorrio quando me lembro de nosso ataque de riso ontem! Dormi tão bem, tão no teu colo!


voltar pro céu