.

.

sábado, 25 de junho de 2011

Falso brilhante



O dia acabou
Se esvaziou de luz
E encheu a sala de sombra.

De onde estou
Levanto a cabeça
E me vejo refletida,
Exatamente no vidro do quadro
Que tem por dentro a minha fotografia.

Eu aqui,
Do lado de fora
Adentrando em mim mesma
Num eu,
Que não é mais o meu eu.
Num eu, que nem me lembro como era.
Num eu, que nem sei bem se existiu, na realidade.

Deste ponto de vista
Que verdade pode haver nessa memória?

Ai me Deus,
Será que perdi alguém nessa história?
.

14 comentários:

Paulo Francisco disse...

¨...que nem eu mesmo sei...¨
Adorei! (palavra comum por aqui)
Um beijo grande

Beatriz Amorim disse...

A gente vive se perdendo se acha e se esconde. Olhar uma fotografia traz uma nota de extrema nostalgia. Porém é bem mais que isso, é um símbolo. De que tudo passa, tudo é mutável. E a cada foto, a cada respirar somos diferentes!

Um beijo, querida!
Bom fim de semana!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Beatriz
não me ocorre nada pra te falar, anão o meu sorriso e dizer que vc é linda mesmo!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Paulo...
parece bonito se não fosse triste né?
bacana te ver aqui!

Manuel disse...

Tenho a certeza que de ambos os lados estavam belas imagens.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Manuel....
vc levanta minha alma, até quando eu acho que ela não pode cair mais.....

te adoro, meu rei!

Artes e escritas disse...

Se persistir o problema, consulte um médico. Um abraço, Yayá.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Yayá...
minha querida, vc é meu melhor remédio!

Carol Morais disse...

Chega um momento em que a gente nem sabe mais o que vive ou o que viveu. Nao sei muito bem poruqe isso acontece e comigo nema contece com frequencia. Parece um momento tão diferente de tudo que a gente tá acostumado a viver. Mas,acontece.
Belíssimo escrito, Wal.

marlene edir severino disse...

Também eu
fico sempre a me perder
e nesse tanto desencontro
encontro um tanto de mim...

Beijo, querida!

Marlene

placco araujo disse...

O impossível acontece... Prazer conhece-la...

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Uau.....Placco e vc foi mais rápido que um flash!
Desculpe o mau jeito,mas vc percebeu que sou meio tímida, né?

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Crol...
tem hora que, vou te contar, nem sei se acredito na outra vida, porque nem nesta acredito. Entende?

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Mrelene...
será possível que a gente só se encontra no desencontro? Ai, queria uma vida mais inteligente...poxa. Muito bem lembrado, sabe....


voltar pro céu