.

.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Mantiqueira, por Benedito Vidal de Negreiros

.




Quem não gosta de receber presentes, fala sério. Mas este presente exacerbou o direito de ser maravilhoso. Vou contar pra vocês. 

O Daniel faz aula de sapateado com a Delta de Negreiros, que é uma grande artista. Vai daí que o pai dela, ao longo da vida, escreveu alguns escrevinhamentos.... 

Ela, filha dileta e faceira, editou tudo num livro lindo de morrer e deu de presente de Natal para o pai, Benedito Vidal de Negreiros. 

O livro, "Mantiqueira, Estórias Banais", é uma fonte de som, luz, cor, sentimentos, causos maravilhosos que refletem o ser humano, esteja ele onde estiver, tenha vivido em qualquer época e em qualquer lugar. Foi lá que aprendi que Mantiqueira quer dizer: aglomeração de pessoas com propósitos pouco justificáveis.

Gentefina, não preciso dizer que este livro não está à venda. É uma jóia, gentilmente ofertada àqueles que são amigos e que festejam a vida.




















Eu ganhei um..... li numa sentada, me deliciando com cada palavra. Delta querida, tenho algumas encomendas, gente que gostou muito da minha Mantiqueira, e que quer também ter esse tesouro para si. Obrigada querida!

8 comentários:

Benedito Vidal de Negreiros disse...

Querida Walkyria, fiquei feliz ao ver meu livro na internet, trazido pelas palavras e pela arte de uma leitora. Muito obrigado! As pessoas que estiverem interessadas e quiserem receber o livro "Mantiqueira" é só escrever para o autor bvnegreiros@hotmail.com

☆mnemosine☆ disse...

Seu Benedito
eu amei seu livro, e tenho certeza que o senhor tem mais coisa guardada. Queremos mais!

Carol Morais disse...

Afe que coisa maravilhosa! Q ue coisa mais linda e cheia de VIDA

urbanascidades disse...

Walkyria, convido a ti e a teus leitores para conhecerem e participarem com suas produções literárias do Urbanasvariedades, o modo long play do Urbanascidades, blog cultural de produção coletiva. Visite urbanasvariedades.blogspot.com. e solte o verbo.
Um abraço,
Paulo Bettanin.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Paulo
me aguarde!!!!! bjos

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Carol
vc viu,minha linda e sumida fada!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Seu Benedito
A Mnemosine é meu outro blog viu....falha minha.

Caio Martins disse...

Walkyria, passando para dar-lhe um abraço e cumprimentá-la pelo trabalho que aqui realiza, o qual divulgo no meu blogue com prazer.
Beijo, e esta frase diria do que sinto, é emblemática: "É uma jóia, gentilmente ofertada àqueles que são amigos e que festejam a vida".


voltar pro céu