.

.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

O brilho da gente

.

O Brilho da gente, por Antonio Penteado Mendonça, que dedico pro Dani my boy, e pra toda minha gentefina que vive nessa corda pra-lá-de-bamba. A foto? Captura de tela num dia que o Daniel estava assim, desanimado e resfriado. Mas amando NY mesmo assim!
Aproveito pra dizer que o Google mudou as cores do meu blog e nada, mas nada mesmo faz voltar. Parece praga para diagramador..... tipo vc apresenta o trabalho, o cliente quer mudar a cor, o tamanho, a disposição....... meldeuls....

"Viver é muito perigoso. Riobaldo Tatarana, Grande Sertão Veredas. Já meu pai dizia que viver é uma arte.

Os dois conceitos se completam. Porque viver é muito perigoso, viver é uma arte.

Mas se viver é uma arte, viver bem é uma arte que exige enorme talento, pra não falar em muita sorte.

Deus é paciência, o oposto é o Demo. Viver bem exige paciência. E mais paciência. E um pouco mais ainda.

Só se aprende isso vivendo. E prestando atenção na vida. Em seus detalhes, no ritmo que pode mudar quando menos se espera. Na dança das horas que se sucedem, às vezes bem, às vezes não tão bem, num pêndulo que vai e volta e vai e volta, numa toada que é dele e que nós, no máximo, conseguimos acompanhar.

Por que hoje o mundo acordou azul? Por que a vida pega leve? E, depois, sem porquê, por que a vida pega pesado e a felicidade, que estava tão próxima, vai se esconder nos cafundós do outro lado do horizonte e o céu fica carregado e o que não era para ser é, como se tivéssemos todos os pecados do mundo para pagar?

Eu não sei, nem quero saber. O mistério da vida é ela chegar do jeito que chega. Depois de muita porrada, ver o céu se abrir, a noite estrelada e uma lua cheia enorme explodir no nosso sorriso – sim, no sorriso – com que vemos o mundo mudar de novo e gente que nos ama ficar próxima e gente que não nos ama ir pro quinto dos infernos e ficar queimando, feito churrasco esquecido, enquanto a vida se abre pra nós, de novo leve, de novo boa, de novo feliz. Ah, os momentos que são nossos e ninguém nos tira! Agora é sua hora. Mergulhe de cabeça. Seja feliz. Você merece."
.

2 comentários:

Anônimo disse...

mergulhar
prefiro boiar
tô cansada de bater em pedras

B.

betina moraes disse...

O texto do Antonio é muito bom, sempre!
O Dani é lindo!!!!

Você é minha querida.

Estou no céuAberto e te espero por aqui. :)


voltar pro céu