.

.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Siricutico


Gentefina, a crise tá braba, deu pra notar que tenho escrito pouco, quer dizer, escrevo mas paro no meio, não levo nada a cabo. 

Mas enfim, penso muito na estranheza das palavras. Por exemplo: outro dia tive uma crise, um negócio bravo mesmo, que eu nomeei de siricutico. Depois fiquei pensando.... de onde vem essa palavra, gentefina? 

Será, que é como pegar um tico e enfiar no fiofozinho do siri e ele se machuca todo? Porque é assim que me sinto. Como se uma agulha muito profunda tivesse sido enfiada na minha alma e acordasse todos os siris que moram em meus abissais, e agora eles estão me rasgando por dentro. 

Tá bom, é bem L'Oreal este momento, mas dói gentefina.

8 comentários:

Rogério Pereira disse...

Agulha muito profunda enfiada na alma?
Dói, mas acalma
Nossa
Pior mesmo é buraco no estômago, como a sente a gentegrossa

não ligue, estou sentindo um bisturi, aqui (se visse, me veria apontando a alma)

Anônimo disse...

ídem mas como sou alérgica a siri, sinto-me como um camelo pendurado pelos pelos acima de um lago gelado - ou seja - totalmente fora de contexto, deslocado, fudido e óbvio, perdido.
Estou rebelde - deixando os cabelos ficarem prata mesmo sem loreal e vendo no que vai dar a performance.
Não te consolo porque tu quer é porrada vinda do coração - como a que te envio agora - sacode se for dia de sacudir e se mexe prá agulha doer mais se for da vontade afinal, o luto de nós mesmas deve ser vivido e vívido - tu sabe como ninguém em compensação, a vida de nós mesmas, tu também sabe.
B

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Rogério
como é bom ter uma resposta assim, que consola sem drama e com bom humor. Super obrigada por vir!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Bárbara.......
que imagem essa do camelo, tive que dar um tempo pra poder assimilar.
..... e por saber da VIDA de nós mesmas, entro no luto....

Bárbara, então eu quero é porrada do coração. Sabe, vou ter que pensar muito nisso. Porque tem de chegar uma hora que a gente tem que se aceitar como é, e parar de tentar ser essa imagem, sei lá, nem sei mesmo.
Acho que vou esperar tua performance rebelde me esclarecer.
Sempre com muito carinho, te beijo!

Sueli disse...

Ah, Walkyria, você é ótima!!! Ri muito. Até fui procurar no Google se essa palavra existe oficialmente (e exisgte!). Minha avó usava muito essa expressão "Vou ter um siricutico!"...rs.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Sueli, pois é menina,
minha família feminina vivia tendo siricutico. Agora eu que tô tendo. A palavras existe e vou falar, o bicho pega!
Beijão pra vc e obrigada pela Cia.

Tania regina Contreiras disse...

Wal, acho é tempo de siricutico. De alguma forma, isso me dá esperança...rCada vez que me retorço (e ando me retorcendo), percebo que estou criando uma nova postura. Ri e amei o post.

Beijos,

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Tania
Sua sempre presente esperança, me cutuca de jeito gostoso..... verdade, temos que aproveitar um siricutico, ver o que está acontecendo por dentro, e quem são estes siris....


voltar pro céu