.

.

sexta-feira, 15 de março de 2013

Papa Novo? Novo?

Texto esclarecedor de Yuri Brancoli http://yuribrancoli.blogspot.com/


Pelo jeito a Madre Igreja Católica ficou com inveja dos evangélicos e seu pastor-deputado Marco Feliciano... Acaba de eleger como papa o cardeal argentino (!) Jorge Mario Bergoglio.

Então vamos ver quem é o santo homem: o novo sumo pontífice já foi acusado de colaborar com o regime militar de seu país entre os anos de 1976 a 1983, considerada a ditadura mais terrível já vivida naquele país. 

Na série de três livros intitulados ‘El Silencio’, de 2005, o jornalista e escritor argentino Horacio Verbitsky apresentou o resultado de mais de uma década de pesquisas sobre o assunto. De acordo com o autor, Bergoglio teria sido apontado por pelo menos três pessoas de ter estado na origem dos seus sequestros e torturas em 1976 - sem falar de seu envolvimento direto em casos de desaparecidos políticos dos quais, por razões óbvias, não se tem o depoimento das vítimas, apenas suspeitas. Dois deles eram sacerdotes jesuítas ligados à Teologia da Libertação, o outro era médico e também estava relacionado com o movimento de padres do Terceiro Mundo. 

O novo papa também fechou as portas das igrejas argentinas para as famosas Mães da Praça de Maio, que lutavam contra a ditadura e exigiam esclarecimentos sobre seus filhos e filhas desaparecidos durante o regime militar. Por essa razão (e outras muitas mais) é execrado pelos movimentos de liberdades civis e direitos humanos portenhos. 

É um ferrenho opositor dos direitos dos homossexuais, demoniza a sexualidade em qualquer expressão, considera todos os meios de contracepção pecado (inclusive - ou sobretudo - o uso da camisinha) e condena o aborto. E não tem nenhum problema em vir a público e defender com gana suas posições neandertalescas, sendo reconhecido como porta-voz da moral mais obtusa e da ultra-direita conservadora da Argentina. 

Bem, o fato é que ninguém pode acusar a igreja católica de incoerência. O antecessor de Bergoglio, conhecido pela alcunha de Bento 16, como se sabe, era da juventude nazista(!!!). Enfim, mais do mesmo. Novamente a igreja de Roma nos brinda com mais uma bicha velha homofóbica e reacionária como papa. 

Pelo menos, em respeito ao nome por ele escolhido, que seja humilde e economize nas sapatilhas e modelitos fashion, tão ao gosto da caquética e nada saudosa patroa de Georg Gänswein. Amém!


12 comentários:

Eleonora Marino Duarte disse...

wal...
completamente necessário o seu texto!

mas o final é ainda mais necessário, lembrar que a santa madre sempre foi f.d.p com os seus filhos.

te amo.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Pois é ßß, Eleonora, assisti uma mini série, Os Borjas, nossa, uma coisa é ler sobre, outra é cinema. Arrasa!
A disputa Papal é uma disputa corporativa.

A Instituição é o que é há séculos.
Beijão minha querida, amada e idolatrada!!!!

AugustoCrowley disse...

Uma pena saber que ainda temos muitas coisas ocultas no reino do vaticano.

Tania regina Contreiras disse...

E disse tudo. Como sempre.

Beijos, queridona.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Pois então, Augusto, mudam os homens no poder, mas a Igreja não muda! Adoro te ver por aqui. Obrigada!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Tania..... dá peninha né?
Obrigada pela companhia tão querida.

Angel disse...

Sempre atual!
Crítica excelente!

um anjo

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Angel.... obrigada, sempre.

teca disse...

Muito bom, muito bom, muito bom... o de sempre em todos os lugares, até na alma das igrejas: politicagem e não política de "elite"!

Obrigada pela partilha.
Beijos de fé. ;)

Nequéren Reis disse...

Blog maravilhoso amei sucesso, Deus seja contigo já estou te seguindo
Curta e participe do meu blog e fan page
Twitter: https://twitter.com/
http://instagram.com/nequerenreis
http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/pages/Batom-Vermelho/490453494347852?fref=ts

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Obrigada Nequéren!
Seja Bem Vindo!

António Jesus Batalha disse...

Foi bom encontrar o seu blo,e poder ver e ler o que está a escrever pois tenho encontrado bons textos, que edificam e ajudam a cada um.
Continue nesta força e na firmeza da Santa Palavra, pois é essa nos trás conforto e segurança.
Sou António Batalha, do Peregrino E Servo.
Deixo-lhe a minha bênção, e que a paz de Jesus encha sempre
seu coração.
Abraço.


voltar pro céu