.

.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

POEMAS À MÃE, por Maria Brasil

AZUL

A mãe de cócoras nas pedras
equilibrada sobre um rio
lavava roupas
A minina aprendia a ver
cada pedaço de água
que lavava sua vida
A mãe, as pedras e o rio
eram a minina aprendendo
Foram a mãe e o rio
e a minina ficou 
água e pedra.



VERDE

A mãe reparou que a minina
andava falando sozinha
juntando pedras 
desenhando nas areias do terreiro
Olhando solta pro além florestas
Mandou ela pra cidade
Até hoje a velha que foi minina
olha pro além das pedras.











BRANCO

"Mininas, o sol já se fez dia, desarmem as redes e se armem de coragens"






VERMELHO

A mãe aprendeu a sorrir
depois de tanto chorar
aprendeu a passar batom
depois que ele saiu
pra cama da outra
pra nunca mais voltar.















ROSA

A mãe viveu de partos
e nunca se partiu
entre tantas filhas
só repartiu



Nenhum comentário:


voltar pro céu